fbpx
Wikipedia

Reino (biologia)

Esta página cita fontes, mas estas não cobrem todo o conteúdo. Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: (, e ) (Dezembro de 2016)
Este artigo carece de reciclagem de acordo com o livro de estilo. Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior. (Dezembro de 2016)
Nota: Se procura por outros significados de Reino, veja Reino.

O Reino é a categoria superior da classificação científica dos organismos introduzida por Linnaeus no século XVIII.

A hierarquia de classificação científica dos oito maiores táxons.

Quando Carl Linnaeus introduziu o sistema hierárquico de nomenclatura na biologia em 1735, o posto mais alto recebeu o nome de "reino" e foi seguido por quatro outras categorias principais: classe, ordem, gênero e espécie. Originalmente, Lineu considerou as coisas naturais no mundo divididas em dois reinos:

Os reinos são subdivididos em filos (para o reino animal) ou divisões (para as plantas).

Quando se descobriu os organismos unicelulares, estes foram divididos entre os dois reinos de organismos vivos. As formas com movimento foram colocadas no filo Protozoa e as formas com pigmentos fotossintéticos na divisão Algae. As bactérias foram classificadas em várias divisões das plantas.

Com a falta de comunicação existente naquele tempo, certas espécies - por exemplo, a Euglena, que é verde e móvel - foram classificadas umas vezes como plantas, outras vezes como animais. Então, por sugestão de Ernst Haeckel, foi criado um terceiro reino de organismos vivos, o reino Protista para acomodar estas formas.

Herbert Copeland introduziu um quarto reino para as bactérias, que têm uma organização celular procariótica, enquanto que os organismos dos restantes três reinos são formados por organismos eucarióticos. Ele chamou a este reino Mychota, nome que foi mais tarde substituído por Monera (que significa formas primitivas).

Robert Whittaker incluiu os fungos no reino Fungi, ficando a haver três reinos para organismos multicelulares:

e mais dois reinos para os organismos unicelulares ou coloniais:

  • Protista - Reino das Algas Unicelulares e dos Protozoários, há ainda uma discussão para a criação do Reino Algae, para as algas.
  • Monera - Reino das Bactérias e Cianobactérias (ou algas azuis)

OBS.: O Reino Fungi atualmente compreende seres tanto multicelulares quanto unicelulares.

Este sistema dos cinco reinos ainda é bastante usado na literatura científica.

Um outro sistema foi proposto para incluir os vírus, com seis reinos, divididos por três super-reinos e o grupo supremo, o Superdomínio Biota:

Recentemente, no entanto, novas investigações sobre a filogenia dos organismos levaram a um novo sistema de classificação, a cladística. A mais importante foi a descoberta de Carl Woese, em 1977, de que os procariotas compreendiam dois grupos distintos, a que ele chamou Eubacteria e Archaebacteria que foram denominadas mais tarde, por ele, como Bacteria e Archaea.

Esta descoberta levou ao sistema de classificação cladístico dos organismos em três Domínios, que se pretendia que fossem um substituto dos Reinos, mas que acabou por ser usado como um "super-reino" (se bem que ainda possa ser utilizada a proposta dos super-reinos, pois no reino Monera os domínios Bacteria e Archaea são sub-reinos).

O quadro abaixo mostra as relações entre estes sistemas de classificação:


Referências

  1. LINNAEUS, C. (1735). Systemae Naturae, sive regna tria naturae, systematics proposita per classes, ordines, genera & species. [S.l.: s.n.]
  2. HAECKEL, E. (1866). Generelle Morphologie der Organismen. [S.l.]: Reimer, Berlin
  3. CHATTON, É. (1925). «Pansporella perplexa. Réflexions sur la biologie et la phylogénie des protozoaires». Annales des Sciences Naturelles - Zoologie et Biologie Animale. 10-VII: 1–84
  4. CHATTON, É. (1937). Titres et Travaux Scientifiques (1906–1937). [S.l.]: Sette, Sottano, Italy
  5. COPELAND, H. (1938). «The kingdoms of organisms». Quarterly Review of Biology. 13: 383–420. doi:
  6. COPELAND, H.F. (1956). The Classification of Lower Organisms. Palo Alto: Pacific Books. doi:
  7. WHITTAKER, R.H. (1969). «New concepts of kingdoms of organisms». Science. 163 (3863): 150–60. PMID . doi:
  8. WOESE, C.R.; BALCH, W.E.; MAGRUM, L.J.; FOX, G.E.; WOLFE, R.S. (1977). «An ancient divergence among the bacteria». Journal of Molecular Evolution. 9 (4): 305–311. PMID . doi: !CS1 manut: Nomes múltiplos: lista de autores (link)
  9. WOESE, C.R.; Fox, G.E. (1977). . Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America. 74 (11): 5088–90. PMC. PMID . doi: !CS1 manut: Nomes múltiplos: lista de autores (link)
  10. WOESE, C.; KANDLER, O.; WHEELIS, M. (1990). . Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America. 87 (12): 4576–9. Bibcode:. PMC. PMID . doi: !CS1 manut: Nomes múltiplos: lista de autores (link)
  11. CAVALIER-SMITH, T. (1981). «Eukaryote kingdoms: seven or nine?». Bio Systems. 14 (3–4): 461–481. doi:
  12. CAVALIER-SMITH, T. (1992). «Origins of secondary metabolism». Ciba Foundation symposium. 171: 64–80
  13. CAVALIER-SMITH, T. (1993). «Kingdom protozoa and its 18 phyla». Microbiological reviews. 57 (4): 953–994
  14. CAVALIER-SMITH, T. (1998). «A revised six-kingdom system of life». Biological Reviews. 73 (03): 203–66. PMID . doi:
  15. CAVALIER-SMITH, T. (2004). . Proceedings of the Royal Society of London B Biological Sciences. 271: 1251–62. PMC. PMID . doi:
  16. CAVALIER-SMITH, T (2010). . Biology Letters. 6 (3): 342–5. PMC. PMID . doi:
A Wikipédia possui o
Portal da Biologia
  • Whittaker, R.H. (1959). On the broad classification of organisms. Quart. Rev. Biol. 34, 210-226.
  • Whittaker, R.H. (1969). New concepts of kingdoms of organisms. Science 163, 150-160.

Reino (biologia)
reino, biologia, nível, classificação, taxonómica, seres, vivos, língua, vigiar, editar, esta, página, cita, fontes, estas, não, cobrem, todo, conteúdo, ajude, inserir, referências, conteúdo, não, verificável, poderá, removido, encontre, fontes, google, notíci. Reino biologia nivel de classificacao taxonomica dos seres vivos Lingua Vigiar Editar Esta pagina cita fontes mas estas nao cobrem todo o conteudo Ajude a inserir referencias Conteudo nao verificavel podera ser removido Encontre fontes Google noticias livros e academico Dezembro de 2016 Este artigo carece de reciclagem de acordo com o livro de estilo Sinta se livre para edita la para que esta possa atingir um nivel de qualidade superior Dezembro de 2016 Nota Se procura por outros significados de Reino veja Reino O Reino e a categoria superior da classificacao cientifica dos organismos introduzida por Linnaeus no seculo XVIII A hierarquia de classificacao cientifica dos oito maiores taxons Quando Carl Linnaeus introduziu o sistema hierarquico de nomenclatura na biologia em 1735 o posto mais alto recebeu o nome de reino e foi seguido por quatro outras categorias principais classe ordem genero e especie Originalmente Lineu considerou as coisas naturais no mundo divididas em dois reinos Animalia os animais com movimento proprio Plantae as plantas com movimento designado fototropismo Os reinos sao subdivididos em filos para o reino animal ou divisoes para as plantas Quando se descobriu os organismos unicelulares estes foram divididos entre os dois reinos de organismos vivos As formas com movimento foram colocadas no filo Protozoa e as formas com pigmentos fotossinteticos na divisao Algae As bacterias foram classificadas em varias divisoes das plantas Com a falta de comunicacao existente naquele tempo certas especies por exemplo a Euglena que e verde e movel foram classificadas umas vezes como plantas outras vezes como animais Entao por sugestao de Ernst Haeckel foi criado um terceiro reino de organismos vivos o reino Protista para acomodar estas formas Herbert Copeland introduziu um quarto reino para as bacterias que tem uma organizacao celular procariotica enquanto que os organismos dos restantes tres reinos sao formados por organismos eucarioticos Ele chamou a este reino Mychota nome que foi mais tarde substituido por Monera que significa formas primitivas Robert Whittaker incluiu os fungos no reino Fungi ficando a haver tres reinos para organismos multicelulares Plantae autotroficos Reino das Plantas Fungi saprofitos Reino dos fungos como cogumelos bolores etc Animalia heterotroficos Reino dos animais e mais dois reinos para os organismos unicelulares ou coloniais Protista Reino das Algas Unicelulares e dos Protozoarios ha ainda uma discussao para a criacao do Reino Algae para as algas Monera Reino das Bacterias e Cianobacterias ou algas azuis OBS O Reino Fungi atualmente compreende seres tanto multicelulares quanto unicelulares Este sistema dos cinco reinos ainda e bastante usado na literatura cientifica Um outro sistema foi proposto para incluir os virus com seis reinos divididos por tres super reinos e o grupo supremo o Superdominio Biota Super dominio Biota Todos os organismos vivos sem nenhuma excecao Super reino Acytota organismos acelulares tambem chamado imperio ou dominio Aphanobionta Reino Virus os virus e agentes sub virais Super reino Prokaryota organismos sem nucleo celular organizado Reino Monera as bacterias Super reino Eukaryota organismos com nucleo celular organizado Reino Fungi os fungos Reino Metaphyta as plantas superiores Reino Metazoa os animais Reino Protista os protozoarios e algas unicelulares Recentemente no entanto novas investigacoes sobre a filogenia dos organismos levaram a um novo sistema de classificacao a cladistica A mais importante foi a descoberta de Carl Woese em 1977 de que os procariotas compreendiam dois grupos distintos a que ele chamou Eubacteria e Archaebacteria que foram denominadas mais tarde por ele como Bacteria e Archaea Esta descoberta levou ao sistema de classificacao cladistico dos organismos em tres Dominios que se pretendia que fossem um substituto dos Reinos mas que acabou por ser usado como um super reino se bem que ainda possa ser utilizada a proposta dos super reinos pois no reino Monera os dominios Bacteria e Archaea sao sub reinos Evolucao dos sistemas de classificacao EditarO quadro abaixo mostra as relacoes entre estes sistemas de classificacao Linnaeus 1735 1 Haeckel 1866 2 Chatton 1925 3 4 Copeland 1938 5 6 Whittaker 1969 7 Woese et al 1977 8 9 Woese et al 1990 10 Cavalier Smith 1993 11 12 13 Cavalier Smith 1998 14 15 16 2 reinos 3 reinos 2 imperios 4 reinos 5 reinos 6 reinos 3 dominios 8 reinos 6 reinos nao tratado Protista Prokaryota Monera Monera Eubacteria Bacteria Eubacteria BacteriaArchaebacteria Archaea ArchaebacteriaEukaryota Protoctista Protista Protista Eukarya Archezoa ProtozoaProtozoaChromista ChromistaVegetabilia Plantae Plantae Plantae Plantae Plantae PlantaeFungi Fungi Fungi FungiAnimalia Animalia Animalia Animalia Animalia Animalia AnimaliaReferencias LINNAEUS C 1735 Systemae Naturae sive regna tria naturae systematics proposita per classes ordines genera amp species S l s n HAECKEL E 1866 Generelle Morphologie der Organismen S l Reimer Berlin CHATTON E 1925 Pansporella perplexa Reflexions sur la biologie et la phylogenie des protozoaires Annales des Sciences Naturelles Zoologie et Biologie Animale 10 VII 1 84 CHATTON E 1937 Titres et Travaux Scientifiques 1906 1937 S l Sette Sottano Italy COPELAND H 1938 The kingdoms of organisms Quarterly Review of Biology 13 383 420 doi 10 1086 394568 COPELAND H F 1956 The Classification of Lower Organisms Palo Alto Pacific Books doi 10 5962 bhl title 4474 WHITTAKER R H 1969 New concepts of kingdoms of organisms Science 163 3863 150 60 PMID 5762760 doi 10 1126 science 163 3863 150 WOESE C R BALCH W E MAGRUM L J FOX G E WOLFE R S 1977 An ancient divergence among the bacteria Journal of Molecular Evolution 9 4 305 311 PMID 408502 doi 10 1007 BF01796092 CS1 manut Nomes multiplos lista de autores link WOESE C R Fox G E 1977 Phylogenetic structure of the prokaryotic domain the primary kingdoms Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America 74 11 5088 90 PMC 432104 PMID 270744 doi 10 1073 pnas 74 11 5088 CS1 manut Nomes multiplos lista de autores link WOESE C KANDLER O WHEELIS M 1990 Towards a natural system of organisms proposal for the domains Archaea Bacteria and Eucarya Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America 87 12 4576 9 Bibcode 1990PNAS 87 4576W PMC 54159 PMID 2112744 doi 10 1073 pnas 87 12 4576 CS1 manut Nomes multiplos lista de autores link CAVALIER SMITH T 1981 Eukaryote kingdoms seven or nine Bio Systems 14 3 4 461 481 doi 10 1016 0303 2647 81 90050 2 CAVALIER SMITH T 1992 Origins of secondary metabolism Ciba Foundation symposium 171 64 80 CAVALIER SMITH T 1993 Kingdom protozoa and its 18 phyla Microbiological reviews 57 4 953 994 CAVALIER SMITH T 1998 A revised six kingdom system of life Biological Reviews 73 03 203 66 PMID 9809012 doi 10 1111 j 1469 185X 1998 tb00030 x CAVALIER SMITH T 2004 Only six kingdoms of life Proceedings of the Royal Society of London B Biological Sciences 271 1251 62 PMC 1691724 PMID 15306349 doi 10 1098 rspb 2004 2705 CAVALIER SMITH T 2010 Kingdoms Protozoa and Chromista and the eozoan root of the eukaryotic tree Biology Letters 6 3 342 5 PMC 2880060 PMID 20031978 doi 10 1098 rsbl 2009 0948 A Wikipedia possui o Portal da BiologiaWhittaker R H 1959 On the broad classification of organisms Quart Rev Biol 34 210 226 http www jstor org stable 2816520 Whittaker R H 1969 New concepts of kingdoms of organisms Science 163 150 160 Obtida de https pt wikipedia org w index php title Reino biologia amp oldid 60151696,