fbpx
Wikipedia

Universidade de São Paulo

Nota: "USP" redireciona para este artigo. Para outros significados, veja USP (desambiguação).

A Universidade de São Paulo (USP) é uma das quatro grandes universidades públicas mantidas pelo Governo do Estado de São Paulo, juntamente com a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Estadual Paulista (UNESP) e a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). É a maior e a mais importante universidade pública do Brasil, e uma das mais importantes da Ibero-América, do mundo lusófono e uma das mais prestigiadas em todo o mundo. A USP é uma das maiores instituições de ensino superior na América Latina. São 42 unidades de ensino e pesquisa, distribuídos em dez campi: São Paulo (com três campi), Bauru, Lorena, Piracicaba, Pirassununga, Ribeirão Preto, Santos e São Carlos. O campus principal em São Paulo é chamado Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira, com uma área de 7 443 770 metros quadrados. A instituição está envolvida no ensino, pesquisa e extensão universitária em todas as áreas do conhecimento. Somando todos os Campi, a USP possui um total de 246 cursos de graduação, 229 cursos de pós-graduação, 5,8 mil professores e 93 mil alunos matriculados entre graduação e pós-graduação (2012).

Universidade de São Paulo
Brasão de armas da USP criado por José Wasth Rodrigues.
USP
Lema Scientia vinces
"Vencerás pela Ciência"
Fundação 11 de agosto de 1827 (193 anos) (Como Faculdade de Direito)
25 de janeiro de 1934 (87 anos) (Como USP)
Tipo de instituição Universidade pública estadual
Mantenedora Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo
Localização São Paulo (reitoria), São Paulo, Brasil
Funcionários técnico-administrativos 13 368 (2019)
Reitor(a) Vahan Agopyan
Vice-reitor(a) Antônio Carlos Hernandes
Docentes 5 383 (2019)
Total de estudantes 97 325 (2019)
Graduação 59 097 (2019)
Pós-graduação 29 295 (2019)
Campi
Cores da escola Azul primário
Azul secundário
Amarelo
Afiliações ABRUEM, AULP, CRUB, RENEX e Faubai
Índice Geral de Cursos Não possui (instituição não participante do ENADE)
Orçamento anual R$5 980 000 000,00 (2020)
Página oficial

Segundo o relatório mundial de 2021 (SIR World Report) da SCImago Institutions Rankings, a USP está classificada na 26ª (vigésima sexta) posição mundial entre as instituições de ensino e pesquisa internacionais classificadas. No ano de 2018, de acordo com o University Ranking by Academic Performance (URAP), a USP continua sendo a melhor universidade iberoamericana e está colocada na trigésima sexta posição no mundo. Em 2015 a USP foi apontada como a primeira universidade da América Latina. A THE classificou a instituição como a 10ª melhor universidade dos BRICS e de outros países em desenvolvimento, em 2015. Segundo o QS World University Ranking 2021, a USP foi classificada como a melhor universidade do mundo lusófono, ficando à frente de suas correspondentes portuguesas e africanas.

Entre as universidades públicas brasileiras tem o maior número de vagas de graduação e de pós-graduação, sendo responsável também pelo maior número de mestres e doutores do mundo, bem como responsável por metade de toda a produção científica do estado de São Paulo e mais de 25% da brasileira. Como o Brasil é responsável por cerca de 2% da produção científica mundial, pode-se dizer que a USP é responsável por 0,5% das pesquisas científicas do mundo. Além disso, entre as pós-graduações no Brasil com conceitos 6 e 7 (os mais altos conceitos) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Capes, 25% estão na USP, chegando à porcentagem de 55% se considerado apenas o território paulista.

Criada em 1934, a contribuição desta universidade para a história brasileira é bastante relevante: na instituição se formaram no ensino superior treze dos quarenta e três presidentes brasileiros, como o sociólogo Fernando Henrique Cardoso e o advogado Jânio Quadros — este último e outros dez apenas na Faculdade de Direito, que também formou 53 ministros na história do Supremo Tribunal Federal (STF) e cuja fundação precede em 108 anos a da própria universidade.

Índice

Após o revés sofrido por São Paulo na Revolução Constitucionalista de 1932, o estado viu-se ante a necessidade de formar uma nova elite, capaz de contribuir para o aperfeiçoamento das instituições, do governo e da melhoria do país. Com esse objetivo, nasceram duas instituições distintas: em 1933, um grupo de empresários fundou a Escola Livre de Sociologia e Política (ELSP), hoje Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Em 1934, o então interventor de São Paulo, cargo que atualmente corresponde ao de governador, Armando de Salles Oliveira, criou a Universidade de São Paulo (USP). Nas palavras de Sergio Milliet:

De São Paulo não sairão mais guerras civis anárquicas, e sim 'uma revolução intelectual e científica' suscetível de mudar as concepções econômicas e sociais dos brasileiros.

A ELSP assumiu o objetivo de formar elites administrativas para um novo modelo que vinha se configurando em que se notava uma atuação crescente do Estado, enquanto a USP voltou-se a formar professores para as escolas secundárias e especialistas nas ciências básicas. O modelo sociológico norte-americano constituiu o exemplo para ELSP, enquanto que o mundo acadêmico francês foi a principal fonte de inspiração para a USP.

Professores estrangeiros tais como Claude Lévi-Strauss, Fernand Braudel, Roger Bastide, Emilio Willems, Donald Pierson, Pierre Monbeig e Herbert Baldus difundiram nas duas instituições novos padrões de ensino e pesquisa, formando as novas gerações de cientistas sociais no Brasil.

A aula inaugural da USP em seu segundo ano, deu-se em 11 de março de 1935, no anfiteatro da Faculdade de Medicina às 21h00 horas.

Origem

A USP surgiu da união da recém-criada Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL) com as já existentes Escola Politécnica de São Paulo, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Faculdade de Medicina, Faculdade de Direito e Faculdade de Farmácia e Odontologia.

A FFCL surgiu como o elemento de integração da universidade, reunindo cursos nas diversas áreas do conhecimento. Ainda em 1934 havia sido criada a Escola de Educação Física do Estado de São Paulo, primeira faculdade civil de educação física no Brasil e que viria a ser incorporada pela USP anos depois. Na sequência foi criada a Escola de Engenharia de São Carlos - EESC (1948) e a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto- FMRP (1951) e outras várias unidades foram sendo criadas pela universidade nos anos seguintes, e nos anos 1960 a universidade foi gradualmente transferindo as sedes de suas unidades para a Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira, em São Paulo.

Além do político Armando de Salles Oliveira, um outro homem de grande importância na fundação da USP foi o jornalista Júlio de Mesquita Filho. A instituição recebeu inúmeros professores estrangeiros nesse período.

Ditadura militar

Durante a década de 1970 e parte da de 1980, alguns críticos[quem?] acreditam que a USP tenha passado por um esvaziamento intelectual, tanto do ponto de vista da produção do conhecimento quanto do da qualidade dos recursos humanos. Durante as décadas anteriores, a universidade serviu de palco para a discussão de um novo projeto de país, reunindo diversos intelectuais de esquerda (como Florestan Fernandes, Fernando Henrique Cardoso, Octavio Ianni, Marialice Mencarini Foracchi, Luiz Pereira, Maria Sylvia de Carvalho Franco, Paula Beiguelman, José Arthur Gioanotti, Francisco Weffort, Azis Simão, Ruy Coelho, Eunice Ribeiro Durham, Ruth Cardoso, Ruy Fausto, Bóris Fausto, Paul Singer, Antonio Candido, Roberto Schwarz, Gioconda Mussolini entre outros) em suas várias unidades (especialmente na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras). Com a limitação das liberdades democráticas promovida pelo regime militar brasileiro (que passava por seus anos mais rígidos), vários professores da USP são cassados (e diversos deles são obrigados a sair do país), assim como vários outros alunos, especialmente do curso de Psicologia, envolvem-se na luta armada contra a ditadura, o que gerou afastamentos compulsórios de suas faculdades.

Tal situação levou a uma menor produção de conhecimento, ainda que certos avanços, especialmente do ponto de vista tecnológico (que chegou a ser financiado pelo governo) tenham sido obtidos. Promoveu-se também um aumento sistemático do número total de vagas de graduação, incentivado pelo governo do Estado. Este fato é apontado por alguns críticos como uma resposta ao movimento estudantil anterior à sua politização, quando ele mobilizava-se apenas pelas questões educacionais.

O vazio causado pelo afastamento dos professores e alunos perseguidos pelo Regime Militar interrompeu-se com a campanha de anistia política, já no início dos anos 1980. Em diversas unidades da USP, a volta de professores cassados foi celebrada, embora muitos deles tenham sido recontratados em condições precárias (antigos professores catedráticos assumiram cargos de auxiliares de ensino).

Redemocratização e expansão de unidades

O edifício da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), localizada no campus Leste.

Paralelamente ao esvaziamento intelectual decorrente da repressão política, ocorreu na USP nas décadas de 1960, 70 e 80 um processo de fragmentação de suas unidades: foram criadas novas faculdades e novos institutos, o que resultou em novos cursos de graduação, novas linhas de pesquisa e programas de pós-graduação. A dissolução da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL) costuma ser apontada como um símbolo paradigmático deste processo.

Originalmente pensada como o núcleo acadêmico da universidade, reunindo em si os vários campos do conhecimento puro, a FFCL, com o tempo, viu seus departamentos ganharem autonomia e se transformarem em unidades plenas (autônomas e administrativamente separadas de sua unidade original). O Instituto de Física foi o primeiro departamento a desvincular-se da FFCL, seguido igualmente de outros departamentos ligados às ciências exatas e biológicas. Desta forma, com a permanência apenas dos cursos ligados às humanidades, ocorreu uma reforma interna na unidade e ela passou a se chamar Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

Em 2001, foi criado e começou a ser construído a área 2 do Campus de São Carlos, para desenvolvimento da Engenharia Aeronáutica, Engenharia de computação, Engenharia Ambiental e expansão dos institutos.

Em 2005, foi construído na Zona Leste de São Paulo o campus USP Leste, que atualmente abriga a Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), tendo alguns cursos que fogem à tradição universitária brasileira e visam à diversificação das áreas consolidadas da instituição. Em 2013 o Conselho Universitário aprovou a instalação do curso Engenharia da Computação: ênfase em sistemas corporativos da Escola Politécnica campus Leste. Em 21 de março de 2006, a USP aprovou a incorporação da Faculdade de Engenharia Química de Lorena (FAENQUIL) e passou com isso a ter uma unidade no Vale do Paraíba, com cerca de 1 600 alunos no total, sendo 1 200 na graduação. No aniversário de 15 anos da Unidade (2020), o Jornal da USP publicou edição especial com trajetória do campus e seu potencial na produção científica, tendo o Observatório Interdisciplinar de Políticas Públicas "Professor Doutor José Renato de Campos Araújo" (OIPP) como um dos vetores da produção de pesquisa na EACH.

Ocupação da reitoria em 2011

Assembleia na Faculdade de Direito em 2012.

No dia 8 de novembro de 2011, o edifício sede da reitoria da universidade foi ocupado por centenas de estudantes descontentes com o alegado autoritarismo da gestão do reitor João Grandino Rodas (segundo colocado em uma lista tríplice e escolhido pelo então governador José Serra, do PSDB) e a outorga de um convênio ampliando a atuação da PM no campus Butantã da Universidade de São Paulo.

No dia 8 de novembro, mais de 400 policiais da tropa de choque, cavalaria, GOE, GATE e até helicópteros cercaram a reitoria da USP e detiveram mais de 70 pessoas no prédio. À noite, a Assembleia Geral dos Estudantes foi convocada e, com cerca de 4 mil alunos, votou por uma greve geral, revertida apenas no começo de 2012. Os estudantes reivindicavam o fim do convênio com a PM no campus, a criação de um grupo para discutir um outro programa de segurança, a renúncia do reitor João Grandino Rodas e a não punição administrativa dos estudantes.

Fraude no sistema de cotas

Após diversas reivindicações do movimento estudantil da Universidade, em 2018 a USP passou a adotar um Sistema de cotas para o ingresso de estudantes via Fuvest, sendo a última Universidade do país a adotar tal sistema. Após a implementação do sistema de cotas, diversas denúncias de fraudes começaram a surgir, o que gerou uma crescente pressão dos estudantes e do Poder Público para que estes casos fossem averiguados.

Em 13 de Julho de 2020, o Instituto de Relações Internacionais foi o primeiro a votar, na história da USP, pela expulsão de um aluno acusado de fraude de cotas raciais e sociais. O processo de averiguação foi realizado através da criação de uma comissão no próprio Instituto, em parceria com a Reitoria, após denuncias feitas pelo Coletivo de Negras e Negros "Lélia Gonzalez", organizado pelo movimento estudantil do curso de Relações Internacionais. Após a decisão historicamente simbólica na história da Universidade e do Instituto, a notícia tornou-se manchete nos principais jornais do país.

Fuvest

Ver artigo principal: Fuvest
Fachada do prédio da Fuvest.

O ensino na USP é regimentalmente gratuito, ou seja, é considerada ilegal a oferta de cursos universitários pagos em suas dependências. O ingresso à graduação, aberto a qualquer pessoa que tenha concluído o Ensino Médio, dá-se por concurso público, o vestibular, realizado pela Fundação Universitária para o Vestibular (FUVEST) e pelo Sistema de Seleção Unificada (SISU).

A FUVEST é um órgão autônomo ligado à universidade, que destina 9 568 das 11 507 vagas disponíveis na graduação através de seu certame. No concurso para o ano letivo de 2016, foram mais de 142 mil candidatos a umas das 9 658 vagas oferecidas pela USP.

Tais números colocam o exame aplicado pela Fuvest como um dos maiores e mais concorridos do país. As restantes 1 489 vagas é destina aos candidatos inscritos no processo de seleção do Ministério da Educação (SISU) que utilizará notas do Exame Nacional do Ensino Médio.

SISU (ENEM)

Em 23 de junho de 2015 o conselho universitário da USP aprovou a adesão parcial ao Sistema de Seleção Unificada (SISU) como forma de ingresso alternativa. Das 11 507 vagas disponíveis para a graduação em 2016, 1 489 vagas são destinadas para o processo de seleção realizado pelo Ministério da Educação do Brasil através do SISU que utilizará notas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Candidatos fazem a primeira fase do exame em 2017.

Dos cursos de graduação disponíveis, 85 cursos aderiram parcialmente ao SISU e 58 cursos mantiveram integralmente a Fuvest como forma única de ingresso. Os cursos que mantiveram a Fuvest, por exemplo, são alguns cursos mais concorridos, como medicina além dos cursos audiovisual e as engenharias de São Paulo ficaram de fora da adesão ao Enem via SISU. Outros, como direito no Largo São Francisco e relações internacionais, passam a oferecem vagas parciais pelo SISU.

Para concorrer as vagas através do SISU, será exigido do candidato notas mínimas para a aplicação no processo seletivo. As notas mínimas para o candidato aplicar no processo de vagas na USP pelo SISU varia para cada um dos 85 cursos que aplicam parcialmente o processo seletivo do MEC.

Essas notas mínimas variam entre 450 e 700 pontos.

Abaixo são listados os cursos que vão exigir a nota mínima de 700 pontos para a aplicação via SISU:

  • Campus de Piracicaba: Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal, Gestão Ambiental;
  • Campus de Ribeirão Preto: Química (Integral- Matutino/Vespertino e noturno), Administração (noturno e matutino), Odontologia (Integral-Matutino e Vespertino);
  • Campus Pirassununga: Medicina Veterinária, Zootecnia.

Nesses cursos, o candidato deverá ter conseguido os 700 pontos na Redação e em todas as provas do ENEM (Matemática; Linguagens, Códigos; Ciências Humanas e Ciências da Natureza) para estar apto à aplicar no processo seletivo e assim concorrer as vagas na USP via SISU. Dentre das 1 489 vagas disponíveis via SISU, são reservadas 1 159 vagas para estudantes concluintes do ensino médio oriundos da rede pública de ensino e com renda per capita de até um salário mínimo e meio, considerados candidatos com vulnerabilidade social, porém obedecendo os critérios de pontuação mínima para aplicação.[carece de fontes?]

Panorama da Cidade Universitária.
Conjunto residencial da Cidade Universitária em São Paulo (CRUSP). Esses prédios foram a vila dos Jogos Panamericanos de São Paulo. Observa-se também, à direita, o edifício sede do MAC.
Obra de Tomie Ohtake em frente ao prédio da FEA.
Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), na Cidade Universitária.

Atualmente a USP é formada por trinta e seis unidades de pesquisa e ensino, vinte e quatro das quais se localizam em São Paulo, cidade que abriga também a reitoria, um centro de práticas esportivas (CEPEUSP, o maior da América Latina), quatro museus, dois hospitais (HU e HRACF), o Centro Universitário "Maria Antônia" e diversos órgãos especializados da universidade. Além disso, se vinculam ou a ela se subordinam, para fins de ensino, pesquisa e extensão, diversos outros órgãos públicos do estado.

Ainda em São Paulo, a USP expandiu-se em 2005 para um novo local na Zona Leste assim dando origem à EACH. E em 2011, o governador Geraldo Alckmin inaugurou um campus da USP em Santos — a 1ª unidade da USP dentre 4 que deverão funcionar no litoral do estado —, cujas atividades iniciaram-se em 2012 e baseiam-se sobretudo em engenharia do petróleo com especialização em Ética, Valores e Cidadania na Escola e mestrado em Sistemas logísticos.

Segundo dados do último anuário, conjunto de informações relevantes sobre o funcionamento e situação da instituição, a USP possui: 86 187 alunos matriculados; 54 361 matriculados na Graduação (1º semestre); 25 433 matriculados na Pós-Graduação; 13 165 dos pós-graduandos estão no Mestrado; 12 278 dos pós-graduandos estão no Doutorado; 53,48% (46 090) de estudantes homens e 46,52% (40 097) de mulheres; 5 434 docentes (dos quais 4 469 dedicam-se em tempo integral); e 15 221 funcionários, em todas as funções.

Recursos

Como as duas outras universidades estaduais paulistas (Unesp e Unicamp), a USP é mantida sobretudo através da arrecadação do Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), por parte do governo estadual. Tal dotação orçamentária é fixa: desta forma, a USP (assim como as duas outras universidades citadas) é uma das poucas instituições públicas do país a possuir autonomia financeira. Recebe também verbas de instituições de fomento à pesquisa e ao ensino superior (como a FAPESP e o CNPq).

Como terceira fonte de arrecadação, conta com uma série de fundações privadas que atuam em forma de parceria com a universidade, utilizando-se de seus pesquisadores e instalações e fornecendo em troca verbas e know-how específico. Tais fundações são questionadas no tocante ao seu interesse público: críticos afirmam que elas representam o início de um processo de privatização do ensino superior público.

Bibliotecas

A Universidade de São Paulo possui 42 bibliotecas instaladas nas unidades de ensino dos diversos campi. Juntas, elas formam um dos principais acervos bibliotecários do Brasil, com cerca de 7 052 084 unidades entre livros, teses e periódicos. Essas bibliotecas são geridas pelo Sistema Integrado de Bibliotecas, que também é responsável pelo catálogo online das bibliotecas da USP (Dedalus).

O Dedalus é um catálogo global, que possibilita a consulta simultânea em todas as bibliotecas da Universidade ou pelo catálogo específico de cada biblioteca. Assim, o usuário é capaz de localizar a referência bibliográfica de qualquer item do acervo da USP. Alguns artigos já possibilitam o acesso à informações online, provindas de Revistas Eletrônicas, dinamizando as pesquisas.

Esse sistema representa um passo importante para a melhoria do acesso à informação e modernização do ensino superior público. Outro passo importante da USP, em conjunto com Unicamp e Unesp, é o de integrar os acervos das três universidades estaduais paulistas via a rede mundial de computadores. Tarefa tida como de extrema importância para o processo de internacionalização dessas.

Parte das teses e dissertações defendidas na Universidade de São Paulo está disponível para consulta na Biblioteca Digital de Teses e Dissertações. Nessa, estão disponíveis mais de 15 921 documentos de autoria dos estudantes e docentes de instituição. O usuário pode pesquisar o conteúdo desejado a partir de palavras-chave, além de consultar a relação dos materiais disponíveis por tipo (tese de doutorado, dissertação de mestrado ou tese de livre-docência), área do conhecimento (humanidades, ciências exatas e ciências biológicas) ou pela unidade responsável pelo trabalho.

Jornal da USP

A universidade possui um jornal, que é controlado pela Superintendência de Comunicação Social. Em abril de 2020, o jornal alcançou um recorde de visualizações com informações sobre a COVID-19.

Prêmio

Em 2018, ganhou o prêmio IMPA-SBM de Jornalismo pela série de reportagens "A matemática está em tudo!"

Museus e galerias de arte

A Universidade de São Paulo possui um rico conjunto de museus e galerias de arte importantes, a maioria localizados no campus central, em São Paulo, tais como:

Vista panorâmica do Museu Paulista, também conhecido como Museu do Ipiranga.

Pesquisa

A Universidade de São Paulo (USP) é uma das maiores universidades do Brasil, tem professores de mestrado e doutorado com dedicação a pesquisas científicas e pesquisas acadêmicas e os pesquisadores contam com mais de 1 600 grupos de pesquisa certificados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A USP tem programa de pré-iniciação ciêntífica, há 40 anos tem pesquisas de laboratório de investigação médica ao tratamento do paciente e tem aberto um projeto de pesquisa em parceria com a Universidade Humboldt em Berlim. Em março de 2020 a USP criou uma rede colaborativa de laboratórios para diagnosticar o novo coronavirus COVID-19.

Sede da reitoria da USP.

A USP, assim como a maior parte das universidades latino-americanas, corresponde à ideia de "universidade" como um conjunto de escolas, institutos e faculdades autônomas, cada um deles responsável por uma área do conhecimento (as já citadas trinta e seis unidades de ensino, pesquisa e extensão).

A USP, assim como a maioria das universidades brasileiras, confere autonomia a suas unidades de ensino, pesquisa e extensão no que concerne à organização didática e definição curricular de cada um dos cursos, o que resulta muitas vezes em uma considerada excessiva fragmentação do ensino e da pesquisa e da desconexão entre o conhecimento produzido em cada uma das unidades.

Cada unidade está dividida em departamentos. Um departamento normalmente é responsável por um dos cursos oferecidos pela unidade ou por uma linha de pesquisa específica. No caso de unidades com apenas um ou dois cursos, os departamentos não ficam responsáveis pela totalidade do curso, mas por uma parte dele. Devido à já citada fragmentação e descentralização da universidade, é comum ver departamentos com perfis semelhantes em unidades diferentes, o que gera críticas quanto à eficácia dos investimentos públicos e duplicação de esforços.

Administração

A estrutura administrativa da USP tem na Reitoria o seu órgão central, assim como no Reitor a figura principal da Universidade. Subordinadas à Reitoria estão as quatro Pró-Reitorias, órgãos especializados em cada um dos campos de atuação da universidade: Pró-Reitoria de Graduação (PRG), Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PRPG), Pró-Reitoria de Pesquisa (PRP) e Pró-Reitoria de Cultura e Extensão (PRC).

Nos últimos anos tem se discutido a criação de uma Pró-Reitoria de Assistência Estudantil, assunto que segundo os críticos sempre foi considerado secundário para os dirigentes da Universidade.

São Paulo

Na Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira localiza-se a estrutura administrativa de toda a Universidade de São Paulo, no bairro do Butantã, no município de São Paulo. Nesse campus localiza-se a maioria das unidades de ensino, pesquisa e extensão da universidade, além dos órgãos centrais como o gabinete do reitor e as pró-reitorias. A maior parte dos edifícios existentes hoje na Cidade Universitária foram construídos a partir de meados da década de 1960. Desta forma, apresentou-se de forma bastante evidente uma intenção urbanismo funcionalista na constituição de seus espaços e na organização de suas unidades.

Fora da Cidade Universitária, mas ainda na capital paulista, estão localizadas a Escola de Artes, Ciências e Humanidades, Faculdade de Direito, Faculdade de Medicina, Escola de Enfermagem e a Faculdade de Saúde Pública. A Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo foi fundada em 1912 por Arnaldo Vieira de Carvalho (1867-1920). Em 1934, foi incorporada à recém-criada Universidade de São Paulo, passando a ter a atual designação e atualmente é uma instituição de excelência no ensino de medicina no Brasil. A Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo formou inúmeras personalidades importantes da história do Brasil e é a mais antiga instituição do gênero no Brasil (juntamente com a Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco), sendo que deve a sua origem a um decreto imperial assinado em 1827, quando destinava-se a formar governantes e administradores públicos, sendo fundamental para a consolidação e para o desenvolvimento do país independente. A criação da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (USP Leste), inaugurada no dia 27 de fevereiro de 2005, foi o resultado de reivindicações da população da Zona Leste do município, que se iniciaram na década de 1980.

São Carlos

Prédios da Engenharia Aeronáutica, no campus de São Carlos.

A primeira unidade da USP em São Carlos foi criada em 1948, com a Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Porém, as atividades tiveram início, efetivamente, cinco anos depois, com a primeira aula proferida no dia 18 de abril de 1953, no prédio que hoje abriga o Centro de Divulgação Científica e Cultural (CDCC), localizado na região central da cidade.

Atualmente, existem cinco unidades de ensino: EESC, ICMC, IFSC, IQSC e IAU, somadas à Prefeitura do Campus Administrativo de São Carlos (PUSPSC), ao Centro de Informática de São Carlos (CISC), ao Centro de Divulgação Científica e Cultural (CDCC) e a outros órgãos/serviços, formam a USP-São Carlos. O campus de São Carlos contam com uma população de 9 212 pessoas entre alunos de graduação e pós-graduação, professores e funcionários. São Carlos é conhecida como o berço dos doutores, possuindo a maior relação de doutores por km² do país e a terceira maior do mundo. A cidade São Carlos é considerada uma ilha de excelência tecnológica no estado de São Paulo, envolta por dezenas de pequenas empresas que desenvolvem tecnologia de ponta, muitas delas fundadas por ex-alunos da EESC-USP através do ParqTec.

Ribeirão Preto

A entrada do campus da USP em Ribeirão Preto.

Segundo maior campus da USP, o Campus de Ribeirão Preto conta com uma população de 16 839 (2015) pessoas entre alunos de graduação e pós-graduação, professores e funcionários. Oferece 24 Cursos de Graduação, oferecendo 1 405 novas vagas anualmente e totalizando 6 969 alunos de Gradação. Somado a isso, oferece 48 Programas de Pós-Graduação, totalizando 13 759 alunos no Campus. O número de docentes é de 1 005, e de funcionários, 2 075. O campus também conta com estrutura desejada para seu pleno funcionamento, como, por exemplo, Prefeitura do Campus, agências bancárias e outros comércios, coordenadoria, centrais de tratamento odontológico, bibliotecas, Museu do Café, moradias estudantis, Restaurante Universitário, Hemocentro e o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto - esse último vinculado à Faculdade de Medicina.

Os cursos estão distribuídos nas seguintes unidades: Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto; Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto; Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo; Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo; Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto; Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto; Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto; Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto; e o Centro de Informática de Ribeirão Preto.

Piracicaba

O Campus de Piracicaba foi criado em 25 de junho de 1985. Atualmente, é constituído pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ) e pelo Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA) e é administrado pela Prefeitura do Campus USP Luiz de Queiroz (PUSP-LQ). A ESALQ oferece sete cursos de graduação e dezesseis programas de pós-graduação (PPG), um PPG Internacional e 2 PPGs Interunidades. Os diversos cursos da ESALQ abrigam cerca de 2 000 alunos de graduação e 1 100 alunos de pós-graduação. Criada em 1901, foi uma das escolas fundadoras da Universidade de São Paulo em 1934, ao lado da Faculdade de Direito do Largo São Francisco, Escola Politécnica, Faculdade de Farmácia e Odontologia da Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Faculdade de Medicina.

Bauru

Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da USP em Bauru.

O campus da USP em Bauru foi implantado em 24 de setembro de 1948 com a criação da Faculdade de Odontologia de Bauru. A estrutura física do campus de Bauru inclui alojamento estudantil, berçário e maternal, centro cultural, centro de convivência, complexo desportivo e restaurante, localizados em uma área de 156 850 m², integrado por uma comunidade de 1 500 pessoas, entre alunos, professores e funcionários. A Faculdade de Odontologia de Bauru integra o campus juntamente com o Centrinho/HRAC e a Prefeitura do Campus Administrativo de Bauru. Ela oferece os cursos de odontologia e fonoaudiologia e é constituída por 6 departamentos de ensino, a FOB conta com 118 docentes, a maioria em tempo integral, e 233 servidores administrativos, operacionais e técnicos.

O Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo, conhecido por "Centrinho", oferece tratamentos especializados em anomalias craniofaciais e deficiências auditivas. O hospital é dividido em setores interdisciplinares e unidades de serviço que ocupam, ao todo, uma área construída de 19,7 mil metros quadrados em instalações que compreendem uma área verde de 36,3 mil metros quadrados. A instituição também é um hospital universitário.

Em 4 de julho de 2017, o Conselho Universitário (Co) da USP aprovou a criação de um novo curso de medicina que será vinculado à Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP e oferecerá 60 vagas no vestibular. O número de vagas será aumentado gradativamente, com 80 vagas em 2020 e 100 vagas a partir de 2021.

Pirassununga

Sede do campus de Pirassununga.

O Campus de Pirassununga é o maior campus da USP em extensão territorial, com área total de 22 690 337,77 m² de área e com 67 595,76 m² de área edificada, dividida pela Via Anhanguera SP-330, entre os quilômetros 211 e 218. A fazenda, que, em 1945, iniciou suas atividades como Escola Prática de Agricultura Fernando Costa, integrou-se à Faculdade de Zootécnica de Engenharia de Alimentos em 1992. Há no Campus três unidades:

Além disso, o campus possui uma estrutura semelhante às cidades universitárias da USP e da UNICAMP, com moradia estudantil, agências bancárias, restaurantes universitários, centros esportivos, de eventos e serviços de atendimento médico e odontológico.

Lorena

Campus I
Campus II

A Escola de Engenharia de Lorena (EEL-USP) nasceu da transferência das atividades acadêmicas, de ensino e de pesquisa da extinta FAENQUIL - Faculdade de Engenharia Química de Lorena, criada em 1970 - para USP em 29 de maio de 2006. Lorena fica a 180 km de São Paulo, no Vale do Paraíba.

A EEL concentra áreas de pesquisas estratégicas para o desenvolvimento nacional desenvolvendo novos produtos e processos que impulsionem o progresso científico e tecnológico do país nos campos de: Biotecnologia Industrial, Metais Refratários, Engenharia Química e Química Fina. Sua estrutura está dividida em dois campi: no campus I se concentra a Administração da EEL, e os Departamentos de Engenharia Química, de Ciências Básicas e de Biotecnologia. No campus II encontra-se o Departamento de Engenharia de Materiais.

A EEL atende anualmente uma média de 1 600 alunos, de várias partes do país e do mundo. Oferece cursos de graduação em Engenharia Química, Engenharia Industrial Química, Engenharia Bioquímica, Engenharia Ambiental, Engenharia Física, Engenharia de Produção e Engenharia de Materiais; mestrado em Engenharia Química, mestrado e doutorado em Engenharia de Materiais e em Biotecnologia Industrial. Possui também cursos de especialização em Engenharia Ambiental, Engenharia da Qualidade e Matemática. Conta ainda com o Ensino Médio e com o curso Técnico de Química (COTEL), oferecendo ensino de qualidade que foi reconhecido, em 2011, com o selo CRQ – IV.

Santos

A USP Mar, como é também conhecido o campus da USP inaugurado em 2011 em Santos – a primeira unidade da USP no litoral do estado –, é especializada nos cursos de graduação em engenharia do petróleo, de especialização em Ética, Valores e Cidadania na Escola e de mestrado em Sistemas logísticos. Tais cursos começaram a funcionar na unidade no início de 2012.

São Sebastião

Nessa cidade fica o Centro de Biologia Marinha da Universidade de São Paulo (CEBIMar).

A outorga do título de professor emérito é aprovada pelo Conselho Universitário. A honraria é concedida a professores aposentados que se distinguiram por atividades didáticas e de pesquisa ou que tenham contribuído, de modo notável, para o progresso da universidade.

Desde 1934, ano da sua fundação, a Universidade já concedeu 17 títulos de professores eméritos:

Compondo uma parte importante da vida universitária, as entidades estudantis da Universidade de São Paulo se estruturam em diversos níveis. Em cada curso ou Unidade de Ensino, a depender de sua organização, existe um Centro Acadêmico e uma Associação Atlética Acadêmica. Acima deles, funcionam algumas entidades gerais:

  • 2020: "Sobre os Primórdios da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP", por Walnice Nogueira Galvão, Professora Emérita da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP
A Wikipédia possui o
Portal de São Paulo

Referências

  1. . uspdigital.usp.br. Consultado em 3 de fevereiro de 2021
  2. . jornal.usp.br. Consultado em 3 de fevereiro de 2021
  3. SUPERINTENDÊNCIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Cores. Disponível em: <>. Acesso em: 30 set. 2014.
  4. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS REITORES DAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS E MUNICIPAIS. Abruem - Associação Brasileira de Universidade Estaduais e Municipais. Disponível em: <>. Acesso em: 18 set. 2014.
  5. ASSOCIAÇÃO DAS UNIVERSIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Membros. Disponível em: <>. Acesso em: 23 set. 2014.
  6. CONSELHO DE REITORES DAS UNIVERSIDADES BRASILEIRAS. Universidades Associadas. Disponível em: <>. Acesso em: 23 set. 2014.
  7. REDE NACIONAL DE EXTENSÃO. Instituições ligadas ao Forproex. Disponível em: <>. Acesso em: 18 set. 2014.
  8. . ruf.folha.uol.com.br. Consultado em 25 de janeiro de 2021
  9. . Times Higher Education (THE) (em inglês). 13 de abril de 2015. Consultado em 25 de janeiro de 2021
  10. A Universidade de Coimbra e o Brasil: percurso iconobibliográfico. Disponível em:
  11. October 7, AQ Editors |; 2011. . Americas Quarterly (em inglês). Consultado em 25 de janeiro de 2021
  12. . Ecce Medicus. 24 de março de 2012. Consultado em 25 de janeiro de 2021
  13. Revista Exame, ed. (5 de outubro de 2011). . Consultado em 5 de outubro de 2011.
  14. Usp.br. . Consultado em 20 de setembro de 2010
  15. . www.scimagoir.com. Consultado em 25 de janeiro de 2021
  16. . QS University Rankings. Março de 2015. Consultado em 19 de junho de 2015
  17. . THE - Times Higher Education. Março de 2015. Consultado em 19 de junho de 2015
  18. . Top Universities (em inglês). 28 de maio de 2020. Consultado em 6 de novembro de 2020
  19. Folha de S.Paulo. . Consultado em 11 de dezembro de 2010
  20. Jornal da USP. . Consultado em 11 de dezembro de 2010
  21. Jornal da USP. . Consultado em 11 de dezembro de 2010
  22. USP (ed.). . Consultado em 12 de maio de 2012
  23. . O Globo. 8 de maio de 2016
  24. Supremo Tribunal Federal. . Consultado em 11 de dezembro de 2010
  25. Ernesto De Souza Campos (1954). . [S.l.]: EdUSP. 584 páginas. ISBN 85-314-0815-6. Consultado em 12 de maio de 2012
  26. SampaArt (ed.). . Consultado em 12 de maio de 2012
  27. USP (ed.). . Consultado em 12 de maio de 2012
  28. Folha da Manhã, página 16 (ed.). . Consultado em 24 de outubro de 2017
  29. EACH (ed.). . Consultado em 12 de maio de 2012
  30. Adusp (ed.). . Consultado em 12 de maio de 2012
  31. Raphael Prado (9 de novembro de 2011). . G1
  32. . Folha de S. Paulo. 9 de novembro de 2011
  33. . G1. 8 de novembro de 2011
  34. . Folha de S. Paulo
  35. . jornal.usp.br. Consultado em 14 de julho de 2020
  36. . Nexo Jornal. Consultado em 14 de julho de 2020
  37. . Folha de S.Paulo. 27 de dezembro de 2019. Consultado em 14 de julho de 2020
  38. . G1. Consultado em 14 de julho de 2020
  39. . Folha de S.Paulo. 13 de julho de 2020. Consultado em 14 de julho de 2020
  40. . G1. Consultado em 14 de julho de 2020
  41. . Educação. 23 de setembro de 2015. Consultado em 24 de maio de 2016
  42. . Educação. 24 de junho de 2015. Consultado em 24 de maio de 2016
  43. . Educação. 23 de junho de 2015. Consultado em 24 de maio de 2016
  44. . Educação. 23 de junho de 2015. Consultado em 24 de maio de 2016
  45. . Educação. 8 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de maio de 2016
  46. . Google Docs. Consultado em 24 de maio de 2016
  47. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome Números
  48. . portal.fazenda.sp.gov.br. Consultado em 25 de maio de 2018
  49. SIBi - Departamento Técnico / RIBi (Relatório Individual por Biblioteca) (2010). (PDF). Consultado em 20 de março de 2011
  50. Universidade de São Paulo. . Consultado em 20 de março de 2011
  51. Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. . Consultado em 20 de março de 2011
  52. . Jornal da USP. Consultado em 28 de junho de 2019
  53. . Portal Comunique-se. Consultado em 19 de abril de 2020.
  54. . Jornal da USP. 9 de agosto de 2018. Consultado em 14 de novembro de 2019.
  55. . Consultado em 25 de janeiro de 2021
  56. . USP. Acessado em 26 de março de 2020.
  57. . USP. Acessado em 26 de março de 2020.
  58. . USP. Acessado em 26 de março de 2020.
  59. . USP. Acessado em 26 de março de 2020.
  60. . Consultado em 25 de janeiro de 2021
  61. Uol. Acessado em 26 de março de 2020.
  62. . www1.folha.uol.com.br. Consultado em 25 de janeiro de 2021
  63. Orione Gonçalves, Marcus. (PDF). Consultado em 27 de abril de 2017
  64. . www.direito.usp.br. Consultado em 28 de abril de 2017
  65. FILHO, Alberto Venancio. Das Arcadas ao Bacharelismo: 150 anos de ensino jurídico no Brasil. São Paulo: Perspectiva, 1977.
  66. Portal Aprendiz,
  67. GHANEM, E., MARCHIONI, A. L. A USP Leste e a contribuição de comunidades locais para a inovação das comunidades universitárias. In: GOMES, Celso de Barros. (Org.). USP Leste: a expansão da universidade do oeste para o leste. São Paulo: Edusp, 2005. p. 197-211.
  68. Universidade de São Paulo - Campus de São Carlos. . Consultado em 20 de março de 2011
  69. . Universidade de São Paulo em São Carlos. Acessado em 8 de janeiro de 2019
  70. . Universidade de São Paulo. Acessado em 8 de janeiro de 2019.
  71. Coordenadoria do Campus de Ribeirão Preto. . Consultado em 20 de março de 2011
  72. Universidade de São Paulo - Campus Ribeirão Preto. . Consultado em 20 de março de 2011
  73. . Consultado em 25 de janeiro de 2021
  74. ESALQ (ed.). . Consultado em 2 de novembro de 2017
  75. USP (ed.). . Consultado em 2 de novembro de 2017
  76. USP (ed.). . Consultado em 2 de novembro de 2017
  77. USP (ed.). . Consultado em 2 de novembro de 2017
  78. Jornal da USP, ed. (4 de julho de 2017). . Consultado em 2 de novembro de 2017
  79. USP (ed.). . Consultado em 2 de novembro de 2017
  80. Escola de Engenharia de Lorena - USP. . Consultado em 20 de março de 2011
  81. . www.usp.br. Consultado em 15 de fevereiro de 2017
  82. . www.usp.br. Consultado em 15 de fevereiro de 2017
  83. . Jornal da USP. Consultado em 31 de agosto de 2020.
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Universidade de São Paulo

Universidade de São Paulo
universidade, são, paulo, universidade, pública, estadual, são, paulo, brasil, língua, vigiar, editar, nota, redireciona, para, este, artigo, para, outros, significados, veja, desambiguação, quatro, grandes, universidades, públicas, mantidas, pelo, governo, es. Universidade de Sao Paulo Universidade publica estadual em Sao Paulo SP Brasil Lingua Vigiar Editar Nota USP redireciona para este artigo Para outros significados veja USP desambiguacao A Universidade de Sao Paulo USP e uma das quatro grandes universidades publicas mantidas pelo Governo do Estado de Sao Paulo juntamente com a Universidade Estadual de Campinas Unicamp Universidade Estadual Paulista UNESP e a Universidade Virtual do Estado de Sao Paulo Univesp E a maior e a mais importante universidade publica do Brasil 10 e uma das mais importantes da Ibero America 11 do mundo lusofono 12 e uma das mais prestigiadas em todo o mundo 13 14 15 A USP e uma das maiores instituicoes de ensino superior na America Latina Sao 42 unidades de ensino e pesquisa distribuidos em dez campi Sao Paulo com tres campi Bauru Lorena Piracicaba Pirassununga Ribeirao Preto Santos e Sao Carlos O campus principal em Sao Paulo 16 e chamado Cidade Universitaria Armando de Salles Oliveira com uma area de 7 443 770 metros quadrados A instituicao esta envolvida no ensino pesquisa e extensao universitaria em todas as areas do conhecimento Somando todos os Campi a USP possui um total de 246 cursos de graduacao 229 cursos de pos graduacao 5 8 mil professores e 93 mil alunos matriculados entre graduacao e pos graduacao 2012 Universidade de Sao PauloBrasao de armas da USP criado por Jose Wasth Rodrigues USPLema Scientia vinces Venceras pela Ciencia Fundacao 11 de agosto de 1827 193 anos Como Faculdade de Direito 25 de janeiro de 1934 87 anos Como USP Tipo de instituicao Universidade publica estadualMantenedora Secretaria de Desenvolvimento Economico do Estado de Sao PauloLocalizacao Sao Paulo reitoria Sao Paulo BrasilFuncionarios tecnico administrativos 13 368 2019 1 Reitor a Vahan Agopyan 2 Vice reitor a Antonio Carlos Hernandes 2 Docentes 5 383 2019 1 Total de estudantes 97 325 2019 1 Graduacao 59 097 2019 1 Pos graduacao 29 295 2019 1 Campi Em oito municipios 3 Sao Paulo Campus da Capital Bauru Campus de Bauru Lorena Escola de Engenharia de Lorena Piracicaba Campus Luiz de Queiroz Pirassununga Campus Fernando Costa Ribeirao Preto Campus de Ribeirao Preto Santos Campus de Santos Sao Carlos Campus de Sao CarlosCores da escola Azul primario 4 Azul secundario 4 Amarelo 4 Afiliacoes ABRUEM 5 AULP 6 CRUB 7 RENEX 8 e FaubaiIndice Geral de Cursos Nao possui instituicao nao participante do ENADE Orcamento anual R 5 980 000 000 00 2020 9 Pagina oficial www5 wbr usp wbr br Segundo o relatorio mundial de 2021 SIR World Report da SCImago Institutions Rankings a USP esta classificada na 26ª vigesima sexta posicao mundial entre as instituicoes de ensino e pesquisa internacionais classificadas 17 No ano de 2018 de acordo com o University Ranking by Academic Performance URAP 18 a USP continua sendo a melhor universidade iberoamericana e esta colocada na trigesima sexta posicao no mundo Em 2015 a USP foi apontada como a primeira universidade da America Latina 19 A THE classificou a instituicao como a 10ª melhor universidade dos BRICS e de outros paises em desenvolvimento em 2015 20 Segundo o QS World University Ranking 2021 a USP foi classificada como a melhor universidade do mundo lusofono ficando a frente de suas correspondentes portuguesas e africanas 21 Entre as universidades publicas brasileiras tem o maior numero de vagas de graduacao e de pos graduacao sendo responsavel tambem pelo maior numero de mestres e doutores do mundo 22 bem como responsavel por metade de toda a producao cientifica do estado de Sao Paulo e mais de 25 da brasileira 23 Como o Brasil e responsavel por cerca de 2 da producao cientifica mundial pode se dizer que a USP e responsavel por 0 5 das pesquisas cientificas do mundo 22 Alem disso entre as pos graduacoes no Brasil com conceitos 6 e 7 os mais altos conceitos da Coordenacao de Aperfeicoamento de Pessoal de Nivel Superior Capes 25 estao na USP chegando a porcentagem de 55 se considerado apenas o territorio paulista 24 Criada em 1934 a contribuicao desta universidade para a historia brasileira e bastante relevante na instituicao se formaram no ensino superior treze dos quarenta e tres presidentes brasileiros 25 26 como o sociologo Fernando Henrique Cardoso e o advogado Janio Quadros este ultimo e outros dez apenas na Faculdade de Direito que tambem formou 53 ministros na historia do Supremo Tribunal Federal STF 27 e cuja fundacao precede em 108 anos a da propria universidade Indice 1 Historia 1 1 Origem 1 2 Ditadura militar 1 3 Redemocratizacao e expansao de unidades 1 4 Ocupacao da reitoria em 2011 1 5 Fraude no sistema de cotas 2 Ingresso 2 1 Fuvest 2 2 SISU ENEM 3 Estrutura 3 1 Recursos 3 2 Bibliotecas 3 3 Jornal da USP 3 4 Museus e galerias de arte 3 5 Pesquisa 4 Organizacao 4 1 Administracao 5 Campi 5 1 Sao Paulo 5 2 Sao Carlos 5 3 Ribeirao Preto 5 4 Piracicaba 5 5 Bauru 5 6 Pirassununga 5 7 Lorena 5 8 Santos 5 9 Sao Sebastiao 6 Professores emeritos 7 Entidades estudantis 8 Bibliografia 9 Ver tambem 10 Referencias 11 Ligacoes externasHistoria Editar A Faculdade de Medicina no inicio do seculo XX Apos o reves sofrido por Sao Paulo na Revolucao Constitucionalista de 1932 o estado viu se ante a necessidade de formar uma nova elite capaz de contribuir para o aperfeicoamento das instituicoes do governo e da melhoria do pais Com esse objetivo nasceram duas instituicoes distintas em 1933 um grupo de empresarios fundou a Escola Livre de Sociologia e Politica ELSP hoje Fundacao Escola de Sociologia e Politica de Sao Paulo Em 1934 o entao interventor de Sao Paulo cargo que atualmente corresponde ao de governador Armando de Salles Oliveira criou a Universidade de Sao Paulo USP 28 29 Nas palavras de Sergio Milliet De Sao Paulo nao sairao mais guerras civis anarquicas e sim uma revolucao intelectual e cientifica suscetivel de mudar as concepcoes economicas e sociais dos brasileiros A ELSP assumiu o objetivo de formar elites administrativas para um novo modelo que vinha se configurando em que se notava uma atuacao crescente do Estado enquanto a USP voltou se a formar professores para as escolas secundarias e especialistas nas ciencias basicas O modelo sociologico norte americano constituiu o exemplo para ELSP enquanto que o mundo academico frances foi a principal fonte de inspiracao para a USP 28 29 Professores estrangeiros tais como Claude Levi Strauss Fernand Braudel Roger Bastide Emilio Willems Donald Pierson Pierre Monbeig e Herbert Baldus difundiram nas duas instituicoes novos padroes de ensino e pesquisa formando as novas geracoes de cientistas sociais no Brasil A aula inaugural da USP em seu segundo ano deu se em 11 de marco de 1935 no anfiteatro da Faculdade de Medicina as 21h00 horas 31 Origem Editar A Faculdade de Direito A USP surgiu da uniao da recem criada Faculdade de Filosofia Ciencias e Letras FFCL com as ja existentes Escola Politecnica de Sao Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Faculdade de Medicina Faculdade de Direito e Faculdade de Farmacia e Odontologia 28 29 A FFCL surgiu como o elemento de integracao da universidade reunindo cursos nas diversas areas do conhecimento Ainda em 1934 havia sido criada a Escola de Educacao Fisica do Estado de Sao Paulo primeira faculdade civil de educacao fisica no Brasil e que viria a ser incorporada pela USP anos depois Na sequencia foi criada a Escola de Engenharia de Sao Carlos EESC 1948 e a Faculdade de Medicina de Ribeirao Preto FMRP 1951 e outras varias unidades foram sendo criadas pela universidade nos anos seguintes e nos anos 1960 a universidade foi gradualmente transferindo as sedes de suas unidades para a Cidade Universitaria Armando de Salles Oliveira em Sao Paulo 28 29 Alem do politico Armando de Salles Oliveira um outro homem de grande importancia na fundacao da USP foi o jornalista Julio de Mesquita Filho 29 A instituicao recebeu inumeros professores estrangeiros nesse periodo Ditadura militar Editar Monumento a Ramos de Azevedo na Cidade Universitaria Durante a decada de 1970 e parte da de 1980 alguns criticos quem acreditam que a USP tenha passado por um esvaziamento intelectual tanto do ponto de vista da producao do conhecimento quanto do da qualidade dos recursos humanos Durante as decadas anteriores a universidade serviu de palco para a discussao de um novo projeto de pais reunindo diversos intelectuais de esquerda como Florestan Fernandes Fernando Henrique Cardoso Octavio Ianni Marialice Mencarini Foracchi Luiz Pereira Maria Sylvia de Carvalho Franco Paula Beiguelman Jose Arthur Gioanotti Francisco Weffort Azis Simao Ruy Coelho Eunice Ribeiro Durham Ruth Cardoso Ruy Fausto Boris Fausto Paul Singer Antonio Candido Roberto Schwarz Gioconda Mussolini entre outros em suas varias unidades especialmente na Faculdade de Filosofia Ciencias e Letras Com a limitacao das liberdades democraticas promovida pelo regime militar brasileiro que passava por seus anos mais rigidos varios professores da USP sao cassados e diversos deles sao obrigados a sair do pais assim como varios outros alunos especialmente do curso de Psicologia envolvem se na luta armada contra a ditadura o que gerou afastamentos compulsorios de suas faculdades 28 Tal situacao levou a uma menor producao de conhecimento ainda que certos avancos especialmente do ponto de vista tecnologico que chegou a ser financiado pelo governo tenham sido obtidos Promoveu se tambem um aumento sistematico do numero total de vagas de graduacao incentivado pelo governo do Estado Este fato e apontado por alguns criticos como uma resposta ao movimento estudantil anterior a sua politizacao quando ele mobilizava se apenas pelas questoes educacionais 28 O vazio causado pelo afastamento dos professores e alunos perseguidos pelo Regime Militar interrompeu se com a campanha de anistia politica ja no inicio dos anos 1980 Em diversas unidades da USP a volta de professores cassados foi celebrada embora muitos deles tenham sido recontratados em condicoes precarias antigos professores catedraticos assumiram cargos de auxiliares de ensino 28 Redemocratizacao e expansao de unidades Editar O edificio da Escola de Artes Ciencias e Humanidades EACH localizada no campus Leste Paralelamente ao esvaziamento intelectual decorrente da repressao politica ocorreu na USP nas decadas de 1960 70 e 80 um processo de fragmentacao de suas unidades foram criadas novas faculdades e novos institutos o que resultou em novos cursos de graduacao novas linhas de pesquisa e programas de pos graduacao A dissolucao da Faculdade de Filosofia Ciencias e Letras FFCL costuma ser apontada como um simbolo paradigmatico deste processo 28 Originalmente pensada como o nucleo academico da universidade reunindo em si os varios campos do conhecimento puro a FFCL com o tempo viu seus departamentos ganharem autonomia e se transformarem em unidades plenas autonomas e administrativamente separadas de sua unidade original O Instituto de Fisica foi o primeiro departamento a desvincular se da FFCL seguido igualmente de outros departamentos ligados as ciencias exatas e biologicas Desta forma com a permanencia apenas dos cursos ligados as humanidades ocorreu uma reforma interna na unidade e ela passou a se chamar Faculdade de Filosofia Letras e Ciencias Humanas Em 2001 foi criado e comecou a ser construido a area 2 do Campus de Sao Carlos para desenvolvimento da Engenharia Aeronautica Engenharia de computacao Engenharia Ambiental e expansao dos institutos Em 2005 foi construido na Zona Leste de Sao Paulo o campus USP Leste que atualmente abriga a Escola de Artes Ciencias e Humanidades EACH tendo alguns cursos que fogem a tradicao universitaria brasileira e visam a diversificacao das areas consolidadas da instituicao 32 Em 2013 o Conselho Universitario aprovou a instalacao do curso Engenharia da Computacao enfase em sistemas corporativos da Escola Politecnica campus Leste Em 21 de marco de 2006 a USP aprovou a incorporacao da Faculdade de Engenharia Quimica de Lorena FAENQUIL e passou com isso a ter uma unidade no Vale do Paraiba com cerca de 1 600 alunos no total sendo 1 200 na graduacao 33 No aniversario de 15 anos da Unidade 2020 o Jornal da USP publicou edicao especial 34 com trajetoria do campus e seu potencial na producao cientifica tendo o Observatorio Interdisciplinar de Politicas Publicas Professor Doutor Jose Renato de Campos Araujo OIPP 35 como um dos vetores da producao de pesquisa na EACH Ocupacao da reitoria em 2011 Editar Assembleia na Faculdade de Direito em 2012 Ver artigo principal Reintegracao de posse na USP em 2011 Ver tambem Movimento estudantil na Universidade de Sao Paulo No dia 8 de novembro de 2011 o edificio sede da reitoria da universidade foi ocupado por centenas de estudantes descontentes com o alegado autoritarismo da gestao do reitor Joao Grandino Rodas segundo colocado em uma lista triplice e escolhido pelo entao governador Jose Serra do PSDB e a outorga de um convenio ampliando a atuacao da PM no campus Butanta da Universidade de Sao Paulo 36 37 No dia 8 de novembro mais de 400 policiais da tropa de choque cavalaria GOE GATE e ate helicopteros cercaram a reitoria da USP e detiveram mais de 70 pessoas no predio 38 39 A noite a Assembleia Geral dos Estudantes foi convocada e com cerca de 4 mil alunos votou por uma greve geral revertida apenas no comeco de 2012 36 Os estudantes reivindicavam o fim do convenio com a PM no campus a criacao de um grupo para discutir um outro programa de seguranca a renuncia do reitor Joao Grandino Rodas e a nao punicao administrativa dos estudantes 36 Fraude no sistema de cotas Editar Apos diversas reivindicacoes do movimento estudantil da Universidade em 2018 a USP passou a adotar um Sistema de cotas para o ingresso de estudantes via Fuvest 40 sendo a ultima Universidade do pais a adotar tal sistema 41 Apos a implementacao do sistema de cotas diversas denuncias de fraudes comecaram a surgir 42 o que gerou uma crescente pressao dos estudantes e do Poder Publico para que estes casos fossem averiguados 43 Em 13 de Julho de 2020 o Instituto de Relacoes Internacionais foi o primeiro a votar na historia da USP pela expulsao de um aluno acusado de fraude de cotas raciais e sociais 44 O processo de averiguacao foi realizado atraves da criacao de uma comissao no proprio Instituto em parceria com a Reitoria apos denuncias feitas pelo Coletivo de Negras e Negros Lelia Gonzalez organizado pelo movimento estudantil do curso de Relacoes Internacionais Apos a decisao historicamente simbolica na historia da Universidade e do Instituto a noticia tornou se manchete nos principais jornais do pais 45 Ingresso EditarFuvest Editar Ver artigo principal Fuvest Fachada do predio da Fuvest O ensino na USP e regimentalmente gratuito ou seja e considerada ilegal a oferta de cursos universitarios pagos em suas dependencias O ingresso a graduacao aberto a qualquer pessoa que tenha concluido o Ensino Medio da se por concurso publico o vestibular realizado pela Fundacao Universitaria para o Vestibular FUVEST e pelo Sistema de Selecao Unificada SISU A FUVEST e um orgao autonomo ligado a universidade que destina 9 568 das 11 507 vagas disponiveis na graduacao atraves de seu certame No concurso para o ano letivo de 2016 foram mais de 142 mil candidatos a umas das 9 658 vagas oferecidas pela USP 46 Tais numeros colocam o exame aplicado pela Fuvest como um dos maiores e mais concorridos do pais As restantes 1 489 vagas e destina aos candidatos inscritos no processo de selecao do Ministerio da Educacao SISU que utilizara notas do Exame Nacional do Ensino Medio 47 SISU ENEM Editar Ver artigos principais Sistema de Selecao Unificada e Exame Nacional do Ensino Medio Em 23 de junho de 2015 o conselho universitario da USP aprovou a adesao parcial ao Sistema de Selecao Unificada SISU 48 como forma de ingresso alternativa Das 11 507 vagas disponiveis para a graduacao em 2016 1 489 vagas sao destinadas para o processo de selecao realizado pelo Ministerio da Educacao do Brasil atraves do SISU que utilizara notas do Exame Nacional do Ensino Medio ENEM Candidatos fazem a primeira fase do exame em 2017 Dos cursos de graduacao disponiveis 85 cursos aderiram parcialmente ao SISU e 58 cursos mantiveram integralmente a Fuvest como forma unica de ingresso 48 Os cursos que mantiveram a Fuvest por exemplo sao alguns cursos mais concorridos como medicina alem dos cursos audiovisual e as engenharias de Sao Paulo ficaram de fora da adesao ao Enem via SISU Outros como direito no Largo Sao Francisco e relacoes internacionais passam a oferecem vagas parciais pelo SISU 49 Para concorrer as vagas atraves do SISU sera exigido do candidato notas minimas para a aplicacao no processo seletivo As notas minimas para o candidato aplicar no processo de vagas na USP pelo SISU varia para cada um dos 85 cursos que aplicam parcialmente o processo seletivo do MEC 50 Essas notas minimas variam entre 450 e 700 pontos 51 Abaixo sao listados os cursos que vao exigir a nota minima de 700 pontos para a aplicacao via SISU Campus de Piracicaba Engenharia Agronomica Engenharia Florestal Gestao Ambiental Campus de Ribeirao Preto Quimica Integral Matutino Vespertino e noturno Administracao noturno e matutino Odontologia Integral Matutino e Vespertino Campus Pirassununga Medicina Veterinaria Zootecnia Nesses cursos o candidato devera ter conseguido os 700 pontos na Redacao e em todas as provas do ENEM Matematica Linguagens Codigos Ciencias Humanas e Ciencias da Natureza para estar apto a aplicar no processo seletivo e assim concorrer as vagas na USP via SISU Dentre das 1 489 vagas disponiveis via SISU sao reservadas 1 159 vagas para estudantes concluintes do ensino medio oriundos da rede publica de ensino e com renda per capita de ate um salario minimo e meio considerados candidatos com vulnerabilidade social porem obedecendo os criterios de pontuacao minima para aplicacao carece de fontes Estrutura Editar Panorama da Cidade Universitaria Conjunto residencial da Cidade Universitaria em Sao Paulo CRUSP Esses predios foram a vila dos Jogos Panamericanos de Sao Paulo Observa se tambem a direita o edificio sede do MAC Obra de Tomie Ohtake em frente ao predio da FEA Faculdade de Arquitetura e Urbanismo FAU na Cidade Universitaria Atualmente a USP e formada por trinta e seis unidades de pesquisa e ensino vinte e quatro das quais se localizam em Sao Paulo cidade que abriga tambem a reitoria um centro de praticas esportivas CEPEUSP o maior da America Latina quatro museus dois hospitais HU e HRACF o Centro Universitario Maria Antonia e diversos orgaos especializados da universidade Alem disso se vinculam ou a ela se subordinam para fins de ensino pesquisa e extensao diversos outros orgaos publicos do estado Ainda em Sao Paulo a USP expandiu se em 2005 para um novo local na Zona Leste assim dando origem a EACH E em 2011 o governador Geraldo Alckmin inaugurou um campus da USP em Santos a 1ª unidade da USP dentre 4 que deverao funcionar no litoral do estado cujas atividades iniciaram se em 2012 e baseiam se sobretudo em engenharia do petroleo com especializacao em Etica Valores e Cidadania na Escola e mestrado em Sistemas logisticos Segundo dados do ultimo anuario conjunto de informacoes relevantes sobre o funcionamento e situacao da instituicao a USP possui 86 187 alunos matriculados 54 361 matriculados na Graduacao 1º semestre 25 433 matriculados na Pos Graduacao 13 165 dos pos graduandos estao no Mestrado 12 278 dos pos graduandos estao no Doutorado 53 48 46 090 de estudantes homens e 46 52 40 097 de mulheres 5 434 docentes dos quais 4 469 dedicam se em tempo integral e 15 221 funcionarios em todas as funcoes 52 Recursos Editar Como as duas outras universidades estaduais paulistas Unesp e Unicamp a USP e mantida sobretudo atraves da arrecadacao do Imposto de Circulacao de Mercadorias e Servicos ICMS por parte do governo estadual Tal dotacao orcamentaria e fixa desta forma a USP assim como as duas outras universidades citadas e uma das poucas instituicoes publicas do pais a possuir autonomia financeira 53 Recebe tambem verbas de instituicoes de fomento a pesquisa e ao ensino superior como a FAPESP e o CNPq Como terceira fonte de arrecadacao conta com uma serie de fundacoes privadas que atuam em forma de parceria com a universidade utilizando se de seus pesquisadores e instalacoes e fornecendo em troca verbas e know how especifico Tais fundacoes sao questionadas no tocante ao seu interesse publico criticos afirmam que elas representam o inicio de um processo de privatizacao do ensino superior publico Bibliotecas Editar Biblioteca Florestan Fernandes A Universidade de Sao Paulo possui 42 bibliotecas instaladas nas unidades de ensino dos diversos campi Juntas elas formam um dos principais acervos bibliotecarios do Brasil com cerca de 7 052 084 unidades entre livros teses e periodicos 54 Essas bibliotecas sao geridas pelo Sistema Integrado de Bibliotecas que tambem e responsavel pelo catalogo online das bibliotecas da USP Dedalus 55 O Dedalus e um catalogo global que possibilita a consulta simultanea em todas as bibliotecas da Universidade ou pelo catalogo especifico de cada biblioteca Assim o usuario e capaz de localizar a referencia bibliografica de qualquer item do acervo da USP Alguns artigos ja possibilitam o acesso a informacoes online provindas de Revistas Eletronicas dinamizando as pesquisas Esse sistema representa um passo importante para a melhoria do acesso a informacao e modernizacao do ensino superior publico Outro passo importante da USP em conjunto com Unicamp e Unesp e o de integrar os acervos das tres universidades estaduais paulistas via a rede mundial de computadores Tarefa tida como de extrema importancia para o processo de internacionalizacao dessas Parte das teses e dissertacoes defendidas na Universidade de Sao Paulo esta disponivel para consulta na Biblioteca Digital de Teses e Dissertacoes Nessa estao disponiveis mais de 15 921 documentos de autoria dos estudantes e docentes de instituicao O usuario pode pesquisar o conteudo desejado a partir de palavras chave alem de consultar a relacao dos materiais disponiveis por tipo tese de doutorado dissertacao de mestrado ou tese de livre docencia area do conhecimento humanidades ciencias exatas e ciencias biologicas ou pela unidade responsavel pelo trabalho 56 Jornal da USP Editar A universidade possui um jornal que e controlado pela Superintendencia de Comunicacao Social 57 Em abril de 2020 o jornal alcancou um recorde de visualizacoes com informacoes sobre a COVID 19 58 Premio Em 2018 ganhou o premio IMPA SBM de Jornalismo pela serie de reportagens A matematica esta em tudo 59 Museus e galerias de arte Editar A Universidade de Sao Paulo possui um rico conjunto de museus e galerias de arte importantes a maioria localizados no campus central em Sao Paulo tais como Museu de Arte Contemporanea Museu de Arqueologia e Etnologia Museu de Ciencias Museu de Zoologia Museu Paulista Museu do Ipiranga Vista panoramica do Museu Paulista tambem conhecido como Museu do Ipiranga Pesquisa Editar A Universidade de Sao Paulo USP e uma das maiores universidades do Brasil tem professores de mestrado e doutorado com dedicacao a pesquisas cientificas e pesquisas academicas e os pesquisadores contam com mais de 1 600 grupos de pesquisa certificados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnologico CNPq A USP tem programa de pre iniciacao cientifica ha 40 anos tem pesquisas de laboratorio de investigacao medica ao tratamento do paciente e tem aberto um projeto de pesquisa em parceria com a Universidade Humboldt em Berlim 60 61 62 63 64 65 Em marco de 2020 a USP criou uma rede colaborativa de laboratorios para diagnosticar o novo coronavirus COVID 19 66 Organizacao Editar Praca do Relogio na Cidade Universitaria Sede da reitoria da USP A USP assim como a maior parte das universidades latino americanas corresponde a ideia de universidade como um conjunto de escolas institutos e faculdades autonomas cada um deles responsavel por uma area do conhecimento as ja citadas trinta e seis unidades de ensino pesquisa e extensao A USP assim como a maioria das universidades brasileiras confere autonomia a suas unidades de ensino pesquisa e extensao no que concerne a organizacao didatica e definicao curricular de cada um dos cursos o que resulta muitas vezes em uma considerada excessiva fragmentacao do ensino e da pesquisa e da desconexao entre o conhecimento produzido em cada uma das unidades Cada unidade esta dividida em departamentos Um departamento normalmente e responsavel por um dos cursos oferecidos pela unidade ou por uma linha de pesquisa especifica No caso de unidades com apenas um ou dois cursos os departamentos nao ficam responsaveis pela totalidade do curso mas por uma parte dele Devido a ja citada fragmentacao e descentralizacao da universidade e comum ver departamentos com perfis semelhantes em unidades diferentes o que gera criticas quanto a eficacia dos investimentos publicos e duplicacao de esforcos Administracao Editar Ver tambem Lista de reitores da Universidade de Sao Paulo A estrutura administrativa da USP tem na Reitoria o seu orgao central assim como no Reitor a figura principal da Universidade Subordinadas a Reitoria estao as quatro Pro Reitorias orgaos especializados em cada um dos campos de atuacao da universidade Pro Reitoria de Graduacao PRG Pro Reitoria de Pos Graduacao PRPG Pro Reitoria de Pesquisa PRP e Pro Reitoria de Cultura e Extensao PRC Nos ultimos anos tem se discutido a criacao de uma Pro Reitoria de Assistencia Estudantil assunto que segundo os criticos sempre foi considerado secundario para os dirigentes da Universidade Panorama da Cidade Universitaria Armando de Salles Oliveira em Sao Paulo Campi EditarVer tambem Lista de institutos faculdades e escolas da Universidade de Sao Paulo Sao Paulo Editar Ver artigo principal Cidade Universitaria Armando de Salles Oliveira Cidade Universitaria Faculdade de Medicina Faculdade de Direito Escola de Artes Ciencias e Humanidades Na Cidade Universitaria Armando de Salles Oliveira localiza se a estrutura administrativa de toda a Universidade de Sao Paulo no bairro do Butanta no municipio de Sao Paulo 67 Nesse campus localiza se a maioria das unidades de ensino pesquisa e extensao da universidade alem dos orgaos centrais como o gabinete do reitor e as pro reitorias A maior parte dos edificios existentes hoje na Cidade Universitaria foram construidos a partir de meados da decada de 1960 Desta forma apresentou se de forma bastante evidente uma intencao urbanismo funcionalista na constituicao de seus espacos e na organizacao de suas unidades Fora da Cidade Universitaria mas ainda na capital paulista estao localizadas a Escola de Artes Ciencias e Humanidades Faculdade de Direito Faculdade de Medicina Escola de Enfermagem e a Faculdade de Saude Publica A Faculdade de Medicina da Universidade de Sao Paulo foi fundada em 1912 por Arnaldo Vieira de Carvalho 1867 1920 Em 1934 foi incorporada a recem criada Universidade de Sao Paulo passando a ter a atual designacao e atualmente e uma instituicao de excelencia no ensino de medicina no Brasil 68 A Faculdade de Direito da Universidade de Sao Paulo formou inumeras personalidades importantes da historia do Brasil 69 70 e e a mais antiga instituicao do genero no Brasil juntamente com a Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco sendo que deve a sua origem a um decreto imperial assinado em 1827 quando destinava se a formar governantes e administradores publicos sendo fundamental para a consolidacao e para o desenvolvimento do pais independente 71 A criacao da Escola de Artes Ciencias e Humanidades USP Leste inaugurada no dia 27 de fevereiro de 2005 foi o resultado de reivindicacoes da populacao da Zona Leste do municipio que se iniciaram na decada de 1980 72 73 Sao Carlos Editar Predios da Engenharia Aeronautica no campus de Sao Carlos Ver artigo principal Universidade de Sao Paulo em Sao Carlos A primeira unidade da USP em Sao Carlos foi criada em 1948 com a Escola de Engenharia de Sao Carlos EESC Porem as atividades tiveram inicio efetivamente cinco anos depois com a primeira aula proferida no dia 18 de abril de 1953 no predio que hoje abriga o Centro de Divulgacao Cientifica e Cultural CDCC localizado na regiao central da cidade 74 Atualmente existem cinco unidades de ensino EESC ICMC IFSC IQSC e IAU somadas a Prefeitura do Campus Administrativo de Sao Carlos PUSPSC ao Centro de Informatica de Sao Carlos CISC ao Centro de Divulgacao Cientifica e Cultural CDCC e a outros orgaos servicos formam a USP Sao Carlos O campus de Sao Carlos contam com uma populacao de 9 212 75 pessoas entre alunos de graduacao e pos graduacao professores e funcionarios Sao Carlos e conhecida como o berco dos doutores possuindo a maior relacao de doutores por km do pais e a terceira maior do mundo A cidade Sao Carlos e considerada uma ilha de excelencia tecnologica no estado de Sao Paulo envolta por dezenas de pequenas empresas que desenvolvem tecnologia de ponta muitas delas fundadas por ex alunos da EESC USP atraves do ParqTec 74 Ribeirao Preto Editar A entrada do campus da USP em Ribeirao Preto Ver artigo principal Universidade de Sao Paulo em Ribeirao Preto Segundo maior campus da USP o Campus de Ribeirao Preto conta com uma populacao de 16 839 2015 76 pessoas entre alunos de graduacao e pos graduacao professores e funcionarios Oferece 24 Cursos de Graduacao oferecendo 1 405 novas vagas anualmente e totalizando 6 969 alunos de Gradacao Somado a isso oferece 48 Programas de Pos Graduacao totalizando 13 759 alunos no Campus O numero de docentes e de 1 005 e de funcionarios 2 075 O campus tambem conta com estrutura desejada para seu pleno funcionamento como por exemplo Prefeitura do Campus agencias bancarias e outros comercios coordenadoria centrais de tratamento odontologico bibliotecas Museu do Cafe moradias estudantis Restaurante Universitario Hemocentro e o Hospital das Clinicas de Ribeirao Preto esse ultimo vinculado a Faculdade de Medicina 77 Os cursos estao distribuidos nas seguintes unidades Escola de Educacao Fisica e Esporte de Ribeirao Preto Escola de Enfermagem de Ribeirao Preto Faculdade de Ciencias Farmaceuticas de Ribeirao Preto da Universidade de Sao Paulo Faculdade de Direito de Ribeirao Preto da Universidade de Sao Paulo Faculdade de Economia Administracao e Contabilidade de Ribeirao Preto Faculdade de Filosofia Ciencias e Letras de Ribeirao Preto Faculdade de Medicina de Ribeirao Preto Faculdade de Odontologia de Ribeirao Preto e o Centro de Informatica de Ribeirao Preto 78 Piracicaba Editar Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz ESALQ em Piracicaba Ver tambem Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Ver tambem Centro de Energia Nuclear na Agricultura O Campus de Piracicaba foi criado em 25 de junho de 1985 Atualmente e constituido pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz ESALQ e pelo Centro de Energia Nuclear na Agricultura CENA e e administrado pela Prefeitura do Campus USP Luiz de Queiroz PUSP LQ 79 A ESALQ oferece sete cursos de graduacao e dezesseis programas de pos graduacao PPG um PPG Internacional e 2 PPGs Interunidades Os diversos cursos da ESALQ abrigam cerca de 2 000 alunos de graduacao e 1 100 alunos de pos graduacao Criada em 1901 foi uma das escolas fundadoras da Universidade de Sao Paulo em 1934 ao lado da Faculdade de Direito do Largo Sao Francisco Escola Politecnica Faculdade de Farmacia e Odontologia da Universidade de Sao Paulo Faculdade de Medicina Veterinaria e Faculdade de Medicina 80 Bauru Editar Hospital de Reabilitacao de Anomalias Craniofaciais da USP em Bauru Ver artigo principal Universidade de Sao Paulo em Bauru O campus da USP em Bauru foi implantado em 24 de setembro de 1948 com a criacao da Faculdade de Odontologia de Bauru A estrutura fisica do campus de Bauru inclui alojamento estudantil bercario e maternal centro cultural centro de convivencia complexo desportivo e restaurante localizados em uma area de 156 850 m integrado por uma comunidade de 1 500 pessoas entre alunos professores e funcionarios 81 A Faculdade de Odontologia de Bauru integra o campus juntamente com o Centrinho HRAC e a Prefeitura do Campus Administrativo de Bauru Ela oferece os cursos de odontologia e fonoaudiologia e e constituida por 6 departamentos de ensino a FOB conta com 118 docentes a maioria em tempo integral e 233 servidores administrativos operacionais e tecnicos 82 O Hospital de Reabilitacao de Anomalias Craniofaciais da Universidade de Sao Paulo conhecido por Centrinho oferece tratamentos especializados em anomalias craniofaciais e deficiencias auditivas O hospital e dividido em setores interdisciplinares e unidades de servico que ocupam ao todo uma area construida de 19 7 mil metros quadrados em instalacoes que compreendem uma area verde de 36 3 mil metros quadrados A instituicao tambem e um hospital universitario 83 Em 4 de julho de 2017 o Conselho Universitario Co da USP aprovou a criacao de um novo curso de medicina que sera vinculado a Faculdade de Odontologia de Bauru FOB da USP e oferecera 60 vagas no vestibular O numero de vagas sera aumentado gradativamente com 80 vagas em 2020 e 100 vagas a partir de 2021 84 Pirassununga Editar Sede do campus de Pirassununga O Campus de Pirassununga e o maior campus da USP em extensao territorial com area total de 22 690 337 77 m de area e com 67 595 76 m de area edificada dividida pela Via Anhanguera SP 330 entre os quilometros 211 e 218 A fazenda que em 1945 iniciou suas atividades como Escola Pratica de Agricultura Fernando Costa integrou se a Faculdade de Zootecnica de Engenharia de Alimentos em 1992 Ha no Campus tres unidades 85 Coordenadoria do Campus Administrativo de Pirassununga Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos e Faculdade de Medicina Veterinaria e Zootecnia Alem disso o campus possui uma estrutura semelhante as cidades universitarias da USP e da UNICAMP com moradia estudantil agencias bancarias restaurantes universitarios centros esportivos de eventos e servicos de atendimento medico e odontologico Lorena Editar Campus I Campus II A Escola de Engenharia de Lorena EEL USP nasceu da transferencia das atividades academicas de ensino e de pesquisa da extinta FAENQUIL Faculdade de Engenharia Quimica de Lorena criada em 1970 para USP em 29 de maio de 2006 Lorena fica a 180 km de Sao Paulo no Vale do Paraiba 86 A EEL concentra areas de pesquisas estrategicas para o desenvolvimento nacional desenvolvendo novos produtos e processos que impulsionem o progresso cientifico e tecnologico do pais nos campos de Biotecnologia Industrial Metais Refratarios Engenharia Quimica e Quimica Fina Sua estrutura esta dividida em dois campi no campus I se concentra a Administracao da EEL e os Departamentos de Engenharia Quimica de Ciencias Basicas e de Biotecnologia No campus II encontra se o Departamento de Engenharia de Materiais 86 A EEL atende anualmente uma media de 1 600 alunos de varias partes do pais e do mundo Oferece cursos de graduacao em Engenharia Quimica Engenharia Industrial Quimica Engenharia Bioquimica Engenharia Ambiental Engenharia Fisica Engenharia de Producao e Engenharia de Materiais mestrado em Engenharia Quimica mestrado e doutorado em Engenharia de Materiais e em Biotecnologia Industrial Possui tambem cursos de especializacao em Engenharia Ambiental Engenharia da Qualidade e Matematica Conta ainda com o Ensino Medio e com o curso Tecnico de Quimica COTEL oferecendo ensino de qualidade que foi reconhecido em 2011 com o selo CRQ IV 86 Santos Editar A USP Mar como e tambem conhecido o campus da USP inaugurado em 2011 em Santos a primeira unidade da USP no litoral do estado e especializada nos cursos de graduacao em engenharia do petroleo de especializacao em Etica Valores e Cidadania na Escola e de mestrado em Sistemas logisticos Tais cursos comecaram a funcionar na unidade no inicio de 2012 Sao Sebastiao Editar Nessa cidade fica o Centro de Biologia Marinha da Universidade de Sao Paulo CEBIMar Professores emeritos EditarA outorga do titulo de professor emerito e aprovada pelo Conselho Universitario A honraria e concedida a professores aposentados que se distinguiram por atividades didaticas e de pesquisa ou que tenham contribuido de modo notavel para o progresso da universidade 87 88 Desde 1934 ano da sua fundacao a Universidade ja concedeu 17 titulos de professores emeritos Jose Goldemberg 4 10 2016 Celso Lafer 20 06 2012 Ruy Laurenti 19 03 2002 Mozart Camargo Guarnieri 20 12 1988 Alberto Carvalho da Silva 10 05 1988 Paschoal Ernesto Americo Senise 01 09 1987 Crodowaldo Pavan 28 04 1987 Goffredo da Silva Telles Junior 21 10 1986 Mario Guimaraes Ferri 22 10 1974 Paulo Sawaya 02 04 1974 Philippe Westin Cabral de Vasconcellos 06 03 1961 Max de Barros Erhart post mortem 13 06 1960 Jose Maria Gomes post mortem 13 06 1960 Lucas Assumpcao 13 06 1960 Paulo Cesar de Azevedo Antunes 27 04 1960 Andre Dreyfus post mortem 15 12 1952 Roldao Lopes de Barros post mortem 25 06 1952Entidades estudantis EditarVer tambem Entidades estudantis da Universidade de Sao Paulo Compondo uma parte importante da vida universitaria as entidades estudantis da Universidade de Sao Paulo se estruturam em diversos niveis Em cada curso ou Unidade de Ensino a depender de sua organizacao existe um Centro Academico e uma Associacao Atletica Academica Acima deles funcionam algumas entidades gerais Diretorio Central dos Estudantes Alexandre Vannucchi Leme DCE Livre da USP Associacao dos Pos Graduandos Helenira Preta Rezende APG USP Liga Atletica Academica da Universidade de Sao Paulo LAAUSP Nucleo Negro Aye FMUSP Coletivo Carolina de Jesus FSP Centro Academico Oswaldo Cruz CAOC Bibliografia Editar2020 Sobre os Primordios da Faculdade de Filosofia Letras e Ciencias Humanas da USP por Walnice Nogueira Galvao Professora Emerita da Faculdade de Filosofia Letras e Ciencias Humanas FFLCH da USP 89 Ver tambem Editar A Wikipedia possui o Portal de Sao PauloAlunos da Universidade de Sao Paulo Faculdade de Tecnologia do Estado de Sao Paulo FATEC Fundacao Universitaria para o Vestibular FUVEST Instituto Federal de Sao Paulo IFSP Instituto Tecnologico de Aeronautica ITA Lista das 100 melhores universidades do mundo Lista das universidades mais antigas do mundo Professores da Universidade de Sao Paulo Universidade Estadual de Campinas Unicamp Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho UNESP Universidade Federal de Sao Carlos UFSCar Universidade Federal de Sao Paulo Unifesp Universidade Federal do ABC UFABC Universidade Virtual do Estado de Sao Paulo Univesp Revista AduspReferencias a b c d e Anuario Estatistico da USP uspdigital usp br Consultado em 3 de fevereiro de 2021 a b Novos reitor e vice reitor da USP tomam posse no dia 29 de janeiro Jornal da USP jornal usp br Consultado em 3 de fevereiro de 2021 https www5 usp br institucional escolas faculdades e institutos a b c SUPERINTENDENCIA DE COMUNICACAO SOCIAL DA UNIVERSIDADE DE SAO PAULO Cores Disponivel em lt http www scs usp br identidadevisual page id 12 gt Acesso em 30 set 2014 ASSOCIACAO BRASILEIRA DOS REITORES DAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS E MUNICIPAIS Abruem Associacao Brasileira de Universidade Estaduais e Municipais Disponivel em lt http www abruem org br filiadas gt Acesso em 18 set 2014 ASSOCIACAO DAS UNIVERSIDADES DE LINGUA PORTUGUESA Membros Disponivel em lt http aulp org index php option com customproperties amp view show amp task show amp Itemid 3 amp bind to section 4 amp cp pais brasil gt Acesso em 23 set 2014 CONSELHO DE REITORES DAS UNIVERSIDADES BRASILEIRAS Universidades Associadas Disponivel em lt http www crub org br universidades nggpage 7 gt Acesso em 23 set 2014 REDE NACIONAL DE EXTENSAO Instituicoes ligadas ao Forproex Disponivel em lt http www renex org br index php option com content amp view article amp id 46 amp Itemid 29 gt Acesso em 18 set 2014 https jornal usp br institucional conselho universitario aprova orcamento da usp para 2020 Ranking Universitario Folha Rankings Ranking de Universidades ruf folha uol com br Consultado em 25 de janeiro de 2021 World Reputation Rankings Times Higher Education THE em ingles 13 de abril de 2015 Consultado em 25 de janeiro de 2021 A Universidade de Coimbra e o Brasil percurso iconobibliografico Disponivel em pdf October 7 AQ Editors 2011 University of Sao Paulo Ranks among Top Global Schools Americas Quarterly em ingles Consultado em 25 de janeiro de 2021 USP Universidade Classe Mundial Ecce Medicus 24 de marco de 2012 Consultado em 25 de janeiro de 2021 Revista Exame ed 5 de outubro de 2011 USP entra no ranking das melhores universidades do mundo segundo o THE Consultado em 5 de outubro de 2011 Copia arquivada em 13 de novembro de 2011 Usp br COCESP Consultado em 20 de setembro de 2010 Research and Innovation Rankings 2021 www scimagoir com Consultado em 25 de janeiro de 2021 urapcenter org 2017 QS University Rankings Latin America 2015 QS University Rankings Marco de 2015 Consultado em 19 de junho de 2015 BRICS amp Emerging Economies Rankings 2015 THE Times Higher Education Marco de 2015 Consultado em 19 de junho de 2015 QS World University Rankings 2021 Top Universities em ingles 28 de maio de 2020 Consultado em 6 de novembro de 2020 a b Folha de S Paulo Reitora da USP nega queda em producao cientifica Consultado em 11 de dezembro de 2010 Jornal da USP Os numeros da inovacao no pais Consultado em 11 de dezembro de 2010 Jornal da USP Excelencia confrimada Consultado em 11 de dezembro de 2010 USP ed Conheca os presidentes do Brasil que estudaram na USP Consultado em 12 de maio de 2012 Faculdade de Direito da USP pode ter 13º presidente da Republica O Globo 8 de maio de 2016 Supremo Tribunal Federal Conheca os Ministros do Supremo Tribunal Federal 2010 Consultado em 11 de dezembro de 2010 a b c d e f g h Ernesto De Souza Campos 1954 Historia da Universidade de Sao Paulo S l EdUSP 584 paginas ISBN 85 314 0815 6 Consultado em 12 de maio de 2012 a b c d e SampaArt ed USP Universidade Sao Paulo Brasil anos 30 A educacao e a criacao da USP Consultado em 12 de maio de 2012 USP ed 26 de janeiro de 2009 Solenidade e reconhecimento Consultado em 12 de maio de 2012 Folha da Manha pagina 16 ed 11 de marco de 1935 Aula inaugural do 2º ano da USP Consultado em 24 de outubro de 2017 EACH ed Historico da EACH Consultado em 12 de maio de 2012 Adusp ed De Faenquil a EEL Consultado em 12 de maio de 2012 Aos quinze anos USP Leste quer ser referencia em pesquisa interdisciplinar Jornal da USP Observatorio Interdisciplinar de Politicas Publicas Professor Doutor Jose Renato de Campos Araujo OIPP a b c Raphael Prado 9 de novembro de 2011 Entenda a ocupacao feita por alunos em predios da USP G1 Megaoperacao desocupa reitoria da USP Folha de S Paulo 9 de novembro de 2011 PM faz operacao na USP e expulsa a forca alunos que ocupavam reitoria G1 8 de novembro de 2011 Estudantes detidos na USP denunciam abuso da PM Folha de S Paulo O sistema de cotas etnico raciais adotado pela USP Jornal da USP jornal usp br Consultado em 14 de julho de 2020 Por que a USP foi a ultima a adotar cotas segundo esta pesquisadora Nexo Jornal Consultado em 14 de julho de 2020 USP apura 21 suspeitas de fraude nas cotas alunos cancelam matricula Folha de S Paulo 27 de dezembro de 2019 Consultado em 14 de julho de 2020 Defensoria recomenda a USP que crie comissao para combater fraudes no sistema de cotas raciais G1 Consultado em 14 de julho de 2020 USP toma decisao inedita e expulsa jovem acusado de fraudar cotas raciais e sociais Folha de S Paulo 13 de julho de 2020 Consultado em 14 de julho de 2020 USP expulsa aluno pela 1ª vez por fraude no sistema de cotas raciais G1 Consultado em 14 de julho de 2020 Fuvest 2016 tem 142 mil inscritos e maior disputa por vagas Educacao 23 de setembro de 2015 Consultado em 24 de maio de 2016 USP no Enem entenda como sera a disputa de vagas no Sisu e na Fuvest Educacao 24 de junho de 2015 Consultado em 24 de maio de 2016 a b USP vai ter vagas pelo Enem e pela Fuvest veja a lista de todos os cursos Educacao 23 de junho de 2015 Consultado em 24 de maio de 2016 Medicina da USP rejeitou Enem para priorizar Fuvest e Inclusp diz diretor Educacao 23 de junho de 2015 Consultado em 24 de maio de 2016 USP vai exigir nota minima de 700 pontos no Enem para oito carreiras Educacao 8 de janeiro de 2016 Consultado em 24 de maio de 2016 Termo de Adesao USP 1 2016 pdf Google Docs Consultado em 24 de maio de 2016 Erro de citacao Etiqueta lt ref gt invalida nao foi fornecido texto para as refs de nome Numeros Repasses as Universidades portal fazenda sp gov br Consultado em 25 de maio de 2018 SIBi Departamento Tecnico RIBi Relatorio Individual por Biblioteca 2010 Acervo das Bibliotecas da USP distribuido por unidade PDF Consultado em 20 de marco de 2011 Universidade de Sao Paulo Bibliotecas Consultado em 20 de marco de 2011 Biblioteca Digital de Teses e Dissertacoes da USP Biblioteca Digital de Teses e Dissertacoes da USP Consultado em 20 de marco de 2011 Superintendencia de Comunicacao Social com noticias diarias sobre a Universidade de Sao Paulo Jornal da USP Consultado em 28 de junho de 2019 Jornal da Usp bate recorde com informacoes sobre a Covid19 Portal Comunique se Consultado em 19 de abril de 2020 Copia arquivada em 19 de abril de 2020 Reportagem do Jornal da USP sobre matematica e premiada Jornal da USP 9 de agosto de 2018 Consultado em 14 de novembro de 2019 Copia arquivada em 14 de novembro de 2019 Pesquisa na USP USP Universidade de Sao Paulo Consultado em 25 de janeiro de 2021 USP Pesquisadores contam com mais de 1600 grupos de pesquisa certificados do CNPq USP Acessado em 26 de marco de 2020 USP Base da Dados de Pesquisas USP Acessado em 26 de marco de 2020 USP Producao intelectual Acervos online USP Acessado em 26 de marco de 2020 USP Pesquisas cientificas USP Acessado em 26 de marco de 2020 Pesquisa cientifica USP Universidade de Sao Paulo Consultado em 25 de janeiro de 2021 A Universidade de Sao Paulo USP cria rede colaborativa de laboratorios para diagnosticar coronavirus Uol Acessado em 26 de marco de 2020 Bairros de SP na Folha de SP www1 folha uol com br Consultado em 25 de janeiro de 2021 Estes sao os melhores cursos de medicina no mundo Claudia Gasparini Exame 3 de abril de 2016 Orione Goncalves Marcus FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE SAO PAULO PDF Consultado em 27 de abril de 2017 Faculdade de Direito Universidade de Sao Paulo www direito usp br Consultado em 28 de abril de 2017 FILHO Alberto Venancio Das Arcadas ao Bacharelismo 150 anos de ensino juridico no Brasil Sao Paulo Perspectiva 1977 Portal Aprendiz Com logotipo novo USP Leste passa a ser EACH GHANEM E MARCHIONI A L A USP Leste e a contribuicao de comunidades locais para a inovacao das comunidades universitarias In GOMES Celso de Barros Org USP Leste a expansao da universidade do oeste para o leste Sao Paulo Edusp 2005 p 197 211 a b Universidade de Sao Paulo Campus de Sao Carlos USP Sao Carlos Consultado em 20 de marco de 2011 Historia e numeros Universidade de Sao Paulo em Sao Carlos Acessado em 8 de janeiro de 2019 USP Campus de Ribeirao Preto Universidade de Sao Paulo Acessado em 8 de janeiro de 2019 Coordenadoria do Campus de Ribeirao Preto CCRP On line Consultado em 20 de marco de 2011 Universidade de Sao Paulo Campus Ribeirao Preto USP Riberao Preto Consultado em 20 de marco de 2011 RESOLUCAO Nº 4778 DE 04 DE SETEMBRO DE 2000 Normas USP Consultado em 25 de janeiro de 2021 ESALQ ed ESALQ passado presente e futuro Consultado em 2 de novembro de 2017 USP ed Prefeitura do Campus Consultado em 2 de novembro de 2017 USP ed Faculdade de Odontologia de Bauru Consultado em 2 de novembro de 2017 USP ed Centrinho Consultado em 2 de novembro de 2017 Jornal da USP ed 4 de julho de 2017 USP aprova curso de Medicina em Bauru Consultado em 2 de novembro de 2017 USP ed O Campus Consultado em 2 de novembro de 2017 a b c Escola de Engenharia de Lorena USP Escola de Engenharia de Lorena EEL USP Consultado em 20 de marco de 2011 Professores Emeritos Secretaria Geral www usp br Consultado em 15 de fevereiro de 2017 USP concede titulo de professor emerito a Jose Goldemberg Sala de Imprensa USP Universidade de Sao Paulo www usp br Consultado em 15 de fevereiro de 2017 Livro de entrevistas lembra os primeiros anos da USP Jornal da USP Consultado em 31 de agosto de 2020 Copia arquivada em 31 de agosto de 2020 Ligacoes externas Editar O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Universidade de Sao Paulo Universidade de Sao Paulo no Twitter Portal da Universidade de Sao Paulo Movimento Estudantil na USP FUVEST Promotora dos exames de selecao para ingresso aos cursos de graduacao da USP Ranking Mundial de Universidades na Web em castelhanoeem ingles USP festeja 100 mil titulos de mestrado e doutorado USP entra no ranking das melhores universidades do mundo segundo o THE USP e universidade que mais forma doutores no mundo USP sobe para a 127ª posicao em ranking mundial de universidades Ranking de salarios da USP Folha de S Paulo Consultado em 16 de setembro de 2015 A treta da homeopatia na USP Pirula 213 Canal do Pirula 31 de maio de 2017 Lista de cursos de graduacao oferecidos pela USP Portal do Brasil Portal da ciencia Portal da educacao Portal de Sao PauloObtida de https pt wikipedia org w index php title Universidade de Sao Paulo amp oldid 61506934,